Encontro debate inclusão de portador de deficiência

Iwwa Agência
Publicado 04/09/2008 12:09:27

Analisar os obstáculos e avançar nas políticas municipais para incluir pessoas com deficiência. Esse é o foco da 2ª Conferência Metropolitana dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que acontece nesta quinta e sexta-feira (05/09), na Casa do Trabalho.

Este ano, o tema da conferência é inclusão, participação e desenvolvimento: um novo jeito de avançar e Camaçari foi escolhida, pelo governo do Estado, para sediar o evento. A abertura da conferência contou com grande participação popular.

Neide Monteiro, cadeirante e integrante da Associação de Deficientes de Salvador, afirmou que eventos como a conferência ajudam os portadores de deficiência a aprenderem e conhecerem os direitos,
A moradora de Lauro de Freitas Maria da Paixão participou da conferência a convite do colégio especial em que sua filha, deficiente auditiva, estuda. “Iniciativas como essa são muito importantes. Estou aqui hoje para aprender mais sobre o que é feito pelos deficientes.”

Na abertura do encontro, houve apresentação cultural e palestras da promotora de Justiça e conselheira estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Cleide Ramos, e do instrutor de linguagem brasileira de sinais, Maurício Damasceno.

O evento é promovido pelas cidades de Camaçari, Candeias, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Mata de São João, Salinas da Margarida, Salvador, São Sebastião do Passe, Simões Filho e Vera Cruz.

PROGRAMAÇÃO
Durante a tarde desta quinta-feira (04/09), grupos de trabalho discutes os eixos temáticos de saúde, reabilitação profissional, educação, qualificação profissional e acessibilidade.

Na sexta-feira, serão apresentadas as propostas dos grupos de trabalho, eleição de delegados para a 2ª Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, apresentação das votações e monções, além de plenária final.

VACINAÇÃO
A fim de vacinar os participantes da 2ª conferência, a Secretaria da Saúde de Camaçari enviou agentes para a Casa do Trabalho. Pessoas com idade entre 20 e 39 anos, puderam ser imunizadas contra a rubéola.

A campanha de vacinação termina no dia 13 deste mês e pretende vacinar mais de 70 mil pessoas do Município.

Foto: Nelinho Oliveira

Técnicos de 11 municípios participam da conferência -

Mais Notícias

Concessão da Rodoviária e estudo de zona azul são temas de reunião

Concessão da Rodoviária e estudo de zona azul são temas de reunião

Café Filosófico Oluwo virtual reuni profissionais de educação

Café Filosófico Oluwo virtual reuni profissionais de educação

Prefeitura decreta recesso para o funcionalismo público no fim do ano

Prefeitura decreta recesso para o funcionalismo público no fim do ano

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.