Empreendimentos são vistoriados

Iwwa Agência
Publicado 19/04/2013 05:04:02

Os imóveis residenciais Caminho do Mar 1, 2 e 3, Morada dos Canários e Morada dos Sabiás, que estão sendo construídos no Município através do programa federal Minha Casa, Minha Vida 2, foram vistoriados nesta sexta-feira (19/04) pelo prefeito Ademar Delgado e pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda.

Situados na BA-530, conhecida como Estrada da Cetrel, e no bairro Jardim Limoeiro, na sede do Município, respectivamente, os empreendimentos estão em fase final e a previsão é de que a obra seja concluída em junho e as 2.368 novas moradias entregues este ano.

Durante a visita, o prefeito Ademar Delgado observou que é de suma importância para o Município que a Caixa acompanhe as obras de perto, principalmente porque revela o empenho da instituição bancária em atender às necessidades habitacionais da população. “Estou muito orgulhoso, porque o presidente da Caixa só fez elogios ao nível e ao andamento das obras”, revelou.

Admirado, sobretudo com a estrutura e a qualidade do acabamento dos imóveis, o presidente da Caixa, Jorge Hereda, destacou a importância da parceria com a administração municipal. “Quando as prefeituras participam efetivamente das intervenções, conseguimos elevar ainda mais o padrão de qualidade dos empreendimentos”, frisou. 

Ainda de acordo com o presidente da Caixa, outra questão que merece ênfase é o trabalho social desenvolvido com as famílias no período pós-ocupação, serviço desempenhado pelas prefeituras. “Camaçari tem assumido esta tarefa com êxito e está garantido que os moradores valorizem cada vez mais as novas habitações que lhes são destinadas”, afirmou Jorge Hereda.

De acordo com os engenheiros das empresas responsáveis pelas obras, os empreendimentos contam com cerca de 90% das intervenções concluídas, faltando apenas retoques finais de acabamento.

Ainda durante a visita, foi colocado o impasse referente à viabilização do fornecimento de água para os empreendimentos, o que precisa da construção de uma adutora pela Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A), ao que o presidente da Caixa se comprometeu a tratar do assunto pessoalmente com o governador Jaques Wagner.

Na perspectiva de acelerar a viabilidade de fornecimento de água nos empreendimentos do Minha Casa, Minha Vida 2, além de tratar sobre a ampliação e implantação do sistema de esgotamentos sanitário, na sede e  orla, e da expansão imobiliária no Município, a Prefeitura e reúne, no dia 29, com representantes da Embasa, Caixa, Ademi (Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário) e Sinduscon (Sindicato dos Trabalhadores na Industria da Construção Civil), em local divulgado posteriormente.

Segundo o secretário da Habitação, João Bosco Quirelli, a entrega das unidades habitacionais será realizada ainda no segundo semestre deste ano. A seleção prévia das famílias inscritas foi iniciada no mês de março pelas equipes de assistentes sociais da Sehab. A previsão é de que os dossiês com a relação das pessoas que atendem aos critérios solicitados sejam entregues à Caixa em maio.   

A visita foi acompanhada pelo secretário do Desenvolvimento Econômico, Djalma Machado, a subsecretária de Relações Institucionais, Carla Mendes, a coordenadora do Trabalho Técnico Social da Sehab, Monique Azevedo, além de representantes da Caixa, como os gerentes Regional de Pessoa Jurídica e Construção Civil, Adelson de Araújo Prata, de Plataforma Habitacional, Dimas Ribeiro Neto, de Desenvolvimento Urbano, Eduardo Alexandre Gomes e o engenheiro civil na Área de Crédito Imobiliário, Christiano Romanholo.

EMPREENDIMENTOS

Os residenciais Caminho do Mar 1, 2 e 3, terão 1.500 habitações com possibilidade de expansão para três mil unidades, enquanto os residenciais Morada dos Canários e Morada dos Sabiás, localizados no bairro Jardim Limoeiro, na sede do Município, terão 868 apartamentos.

Edificados no mesmo padrão de construção, os residenciais possuem módulos de oito unidades, divididos entre o térreo e o pavimento superior.  Cada apartamento possui 44 metros quadrados, com dois quartos, sala, banheiro e cozinha e serão entregues com piso de cerâmica e azulejo na cozinha e no banheiro.

Um dos diferenciais das unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida 2 é que 3% do total dos imóveis possuem cômodos adaptados  para atender pessoas com dificuldades de locomoção e os demais estão aptos para serem adaptados, caso haja necessidade.

Cada empreendimento vai dispor ainda de equipamentos de lazer, como campo de futebol, área de lazer com quiosque, estacionamento e um espaço para festa com dois pavimentos, o inferior com dois sanitários, administração, copa e um salão, e a parte superior com um salão amplo.

As habitações serão destinas às pessoas que foram cadastradas no programa Minha Casa, Minha Vida 2,  maiores de 18 anos  e que possuam renda mensal de até R$ 1.600,00.

 

Slideshow | 11 fotos

Empreendimentos são vistoriados

Mais Notícias

Parceria entre Secult e Sedap é discutida em reunião

Parceria entre Secult e Sedap é discutida em reunião

Contas do 2º quadrimestre de 2021 da Seduc são apresentadas em audiência pública

Contas do 2º quadrimestre de 2021 da Seduc são apresentadas em audi...

Sejuv abre inscrições para formação técnica de educadores físicos

Sejuv abre inscrições para formação técnica de educadores físicos

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.