Em cinco anos, reajuste foi superior a 54%

Iwwa Agência
Publicado 21/05/2010 04:05:10

O nível salarial e as condições de trabalho dos professores da rede pública municipal de Camaçari melhoraram bastante nos últimos cinco anos. De 2005 a 2009, o índice de reajuste médio acumulado concedido pela Prefeitura foi de 54,33%, um aumento superior à inflação do período, que foi de 23,46%, segundo o Indice de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E). O ganho real de vencimentos chega a 30,87%, no período.

Este ano, nas negociações da campanha salarial, como forma de valorizar ainda mais a categoria, a Prefeitura propõe um reajuste salarial de 12%, embora a inflação no período pelo IPCA-E seja de 5,3%, o que representa um ganho real de 6,7%, mais do que o dobro da inflação acumulada.

Com isso, a remuneração básica do professor com formação nível médio e 40 horas de trabalho passa de R$ 1.226,55, valor pago atualmente, para R$ 1.373,74. A medida ainda incorpora regência de classe.

Os dados mostram que o aumento concedido pela Prefeitura de Camaçari é superior ao piso defendido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e pelo Ministério da Educação (ME), que é de R$ 1.312,00 e R$ 1.024,00, respectivamente.

Se considerada a remuneração do docente ao PCCV (Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos), aprovado pelo Município em 2008, as vantagens são ainda maiores. Em função dos reajustes oferecidos por tempo de serviço, alguns professores tiveram um ganho individual superior a 23%.

Ainda conforme o PCCV, professores que passam por mudança de nível na carreira podem ter um ganho percentual de até 30%. “O Plano de Cargos garante a valorização profissional e assegura maiores vantagens para servidores e professores”, diz o secretário da Administração (Secad), Ademar Delgado.

Ele também faz um comparativo do reajuste salarial oferecido aos professores entre os anos de 1996 e 2004, quando o índice de recomposição salarial médio acumulado foi de apenas 28,6%, apesar de o IPCA-E no período ter chegado a 68,91%, o que acarretou ao trabalhador da educação em Camaçari 40,31% de perda no salário.

Foto: Carol Garcia

Secretário Ademar Delgado garante ganho real à categoria -

Mais Notícias

Sefaz apresenta resultados do 2º quadrimestre e projeta crescimento

Sefaz apresenta resultados do 2º quadrimestre e projeta crescimento

STT realiza ação de encerramento do Setembro Amarelo

STT realiza ação de encerramento do Setembro Amarelo

Camaçari e o potencial turístico – a história de Jucy Andrade

Camaçari e o potencial turístico – a história de Jucy Andrade

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us