Em 3 anos, 2,6 mil atendimentos

Iwwa Agência
Publicado 11/01/2012 03:01:34

Mais do que oferecer serviços de saúde para pessoas com câncer, o Ceonc (Centro de Oncologia de Camaçari) proporciona acolhimento e desenvolve atividades que estimulam o fortalecimento da autoestima dos usuários.

Parte do Cuidar (Centro de Unidades de Apoio e Referência em Saúde), que no mês de fevereiro comemora três anos de funcionamento, o Ceonc tem como principal objetivo diagnosticar, encaminhar e acompanhar pessoas com câncer. Atualmente, o Centro atende 2.601 usuários, entre adultos e crianças.

A unidade realiza um trabalho multidisciplinar, com a oferta de serviços médicos nas especialidades de mastologia, ginecologia e urologia, terapia em grupo, assistência social, enfermagem e atendimento nutricional. A equipe do Ceonc é formada por 15 profissionais, sendo médicos, enfermeiros, assistente social e auxiliares administrativos.

Além dos serviços médicos, o Centro criou, há dois anos, o grupo Reaprendendo a Viver, que conta com a participação de mulheres que se reúnem toda as quartas-feiras com objetivo de trocar experiências, promover atividades educativas e celebrar datas comemorativas.

A usuária Mari Alice dos Santos, 61 anos, que há três teve diagnosticado câncer de mama, afirmou que a vida ganhou novo sentido após ser atendida no Ceonc. Segundo ela, que já retirou um quarto da mama e passou por sessões de radio e quimioterapia, os serviços oferecidos foram determinantes para a recuperação. “A unidade proporciona um acolhimento indescritível, já que estamos sensibilizados pela doença. Isso, sem dúvida, contribui para o restabelecimento da autoestima e saúde”.

De acordo com a coordenadora do Ceonc, Luciana Jaqueline, a intenção é de que ainda este ano as especialidades oferecidas sejam ampliadas para atender pacientes com todos os tipos de câncer. Ainda segundo ela, em breve será realizada na unidade o serviço de coleta de material para biópsia, feito através de um equipamento de alta tecnologia, denominado pistola de Core Biopsy. O equipamento permite a retirada parcial do nódulo para estudo em laboratório.

Para Luciana Jaqueline, o crescimento do Ceonc é avaliado como positivo, sobretudo devido à qualificação dos profissionais e do clima solidário e caloroso com o qual os pacientes são tratados. “O foco da nossa equipe é manter a excelência dos serviços, de forma humana e atendendo as reais necessidades de cada usuário”, concluiu.

O Ceonc também promove palestras, cursos de capacitação e ações com temas direcionados, como o Outubro Rosa, campanha nacional de luta contra o câncer de mama, o Dia Nacional de Combate ao Fumo, o mutirão de combate ao câncer de próstata, entre outras atividades.

Slideshow | 4 fotos

Em 3 anos, 2,6 mil atendimentos

Mais Notícias

Parceria entre Secult e Sedap é discutida em reunião

Parceria entre Secult e Sedap é discutida em reunião

Contas do 2º quadrimestre de 2021 da Seduc são apresentadas em audiência pública

Contas do 2º quadrimestre de 2021 da Seduc são apresentadas em audi...

Sejuv abre inscrições para formação técnica de educadores físicos

Sejuv abre inscrições para formação técnica de educadores físicos

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.