Definido plano de ação

Iwwa Agência
Publicado 13/11/2012 06:11:36

A Segov (Secretaria do Governo) realizou reunião na manhã desta terça-feira (13/11), para definir um plano de ação integrada para solucionar problemas como poluição sonora, estabelecimentos sem alvará de funcionamento, ocupação irregular de terra, ambulantes e transportes clandestinos.

O plano será realizado através da fiscalização integrada entre a Superintendência de Trânsito e Transporte, as secretarias do Desenvolvimento Urbano e dos Serviços Público, Defesa Civil, Juizado de Menores, Vigilância Sanitária e da Ouvidoria do Município, através do telefone 0800-284-7325.

A Sedur é responsável pela fiscalização dos estabelecimentos e notificação dos locais que não possuem alvará de funcionamento, independente da atividade. Os que já tiverem sido notificados serão fechados. A Secretaria também vai mapear a cidade para verificar os alvarás de construções e notificar as obras irregulares.

Um exemplo da ação da Sedur (Secretaria do Desenvolvimento Urbano) foi a retirada de 16 barracos, no bairro Burissatuba, construídos à margem do rio Camaçari. Os moradores foram encaminhados para os projetos sociais da Sedes (Secretaria do Desenvolvimento Social).

A STT irá itensificar o combate aos transportes clandestinos na cidade e a fiscalização aos mototaxistas. A partir do dia 1º de dezembro, o órgão irá cobrar multas referentes as infrações de trânsito cometidas no Município. 

A Fiscalização Integrada é responsável pelo controle da poluição sonora, principalmente no Centro, e pelo ordenamento do Município, a exemplo da retirada dos ambulantes nos passeios. 

A comercialização feita por ambulantes nas ruas também será combatida pela Sesp (Secretaria dos Serviços Públicos), já que todos comerciantes clandestinos foram notificados. Aqueles que queiram se regularizar basta procurar o CAM (Central de Atendimento Municipal) e solicitar a liberação da atividade e o pedido será analisado. Atualmente, 627 ambulantes e 594 baianas de acarajé estão cadastrados.

Também faz parte de plano de ação a retirada de alvará específico de todos os eventos, no prazo de 10 dias antes da data da festa. O dono do estabelecimento ainda deve solicitar a liberação na Vara de Infância e Juventude.  

Participaram da reunião os secretários do Governo, Francisco Franco, do Desenvolvimento Urbano, José Cupertino, o diretor de Trânsito da STT, Ari Simões, os coordenadores da Defesa Civil, Maurício Bomfim, do Juizado de Menores, Antonio Pádua, da Fiscalização integrada da Prefeitura, José Carlos Souza, e o da Sesp, Edemir Jacinto. 

Foto: Marcelo Ferrão

Reunião define plano de ação de fiscalização -

Mais Notícias

Feira Multicultural e Ambiental é iniciada na Costa do município

Feira Multicultural e Ambiental é iniciada na Costa do município

Prefeitura investe em mais uma capacitação para os servidores

Prefeitura investe em mais uma capacitação para os servidores

Seduc recebeu Diego Copque no Café com Prosa nesta sexta (26/11)

Seduc recebeu Diego Copque no Café com Prosa nesta sexta (26/11)

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.