Curso ensina história da África para professor municipal

Iwwa Agência
Publicado 20/08/2008 09:08:36

Começa sábado (23/08), na Cidade do Saber Professor Raymundo Pinheiro, a segunda etapa do curso de informação continuada para os professores municipais a respeito da Lei 10.639, que torna obrigatório o ensino da cultura da África nas escolas.

Em Camaçari, o programa recebeu o nome de Moju, que em iorubá significa saber.

Com a participação de 120 docentes, o curso terá a duração de cinco meses, com 40 horas, e será ministrado sempre aos sábados, das 8h as 12 e das 14 às 16h. A segunda etapa terá discussões e palestras sobre o tema Geo Política Africana.

A programação conta com três palestras, uma sobre Geografia Política Africana, ministrada pelo professor municipal Tadeu Moreira, e mais duas sobre os processos de independência de países africanos, pelo angolano Orlando Santos e pelo moçambicano Marílio Wane.

De acordo com o professor Juipurema Sandes, coordenador do projeto Moju, o assunto desperta um interesse muito grande em professores e alunos, mas ainda há um longo caminho a percorrer. Segundo ele primeiro, deve ser feito um trabalho de conscientização, onde o foco principal são os docentes.

O coordenador informou que ainda pretende disponibilizar um curso à distância, semi-presencial, para que sejam ampliadas o número de vagas para os professores da rede. Ele acrescentou que Camaçari foi uma das primeiras da Bahia a colocar em prática a legislação.

Foto:

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 6 de dezembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 6 de dezembro de 2021

Camaçari tem selos Bandeira Azul renovados e hasteamento ocorre nesta terça (7/12)

Camaçari tem selos Bandeira Azul renovados e hasteamento ocorre nes...

Tranquilidade e organização marcam início da entrega dos cupons da Cesta de Natal na sede

Tranquilidade e organização marcam início da entrega dos cupons da ...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.