Cras é modelo de assistência social

Iwwa Agência
Publicado 22/05/2013 02:05:25

Eleito pelo Estado como modelo organizacional de assistência social, o Cras (Centro de Referência de Assistência Social) do bairro Phoc 2 recebeu, nesta quarta-feira (22/05), a visita de representantes do BIRD (Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento) e da Sedes-Ba (Secretaria do Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza da Bahia).

O secretário municipal do Desenvolvimento Social, José Hélio Santos, acompanhou a visita, que teve o intuito de mostrar o funcionamento do Cras para os visitantes e diagnosticar as demandas da população.

Segundo a coordenadora estadual de Proteção Social Básica da Superintendência de Assistência Social da Sedes-Ba, Rosemeire Silva, o Estado constatou, após levantamento feito em vários municípios da Bahia, que o Cras do Phoc 2 é o centro mais organizado. Por isso, foi escolhido pela esfera estadual para receber a visita dos representantes do BIRD.

Ainda segundo a coordenadora, o Estado tem alguns projetos em andamento através da parceria com o BIRD e uma das ações consiste em “potencializar o funcionamento e a operacionalização dos serviços de proteção social básica realizados pelos Cras”, informa.   

Após a visita, os representantes do BIRD, a analista de pesquisa, Renata Mayer e o economista Philip Schellekens destacaram a organização da estrutura do Cras e o comprometimento das pessoas com o trabalho. “O Estado e o Município têm trabalhado muito para reduzir a pobreza”, frisou o economista, ao destacar que imagina o sucesso do programa quando as famílias conquistarem independência e não precisarem mais dos serviços oferecidos pelos Cras.

Para o secretário José Hélio Santos, o fato de o Estado ter considerado o Cras do Phoc 2  um modelo organizacional traz muita alegria para o governo, pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido, mas também aumenta as responsabilidades de manter a qualidade do serviço. “Agora vamos trabalhar para humanizar, cada vez mais, o serviço prestado à população”, frisou.   

CRAS

Atualmente, o Município possui nove Cras, responsáveis por realizar serviços de acompanhamento das famílias cadastradas, através de atividades socioeducativas, consultas e atualizações cadastrais do Bolsa Família, cadastramento das demandas espontâneas, encaminhamentos, escutas qualificadas, orientações jurídicas, avaliações sociais e busca ativa realizada pelas agentes sociais.

No Cras do bairro Phoc 2, considerado referência em organização, são atendidas atualmente 2.200 famílias através de uma equipe multiprofissional composta por oito servidores, entre assistente social, psicóloga, psicopedagogo, coordenadores e agentes sociais.    

O Centro também atende a população dos bairros Phoc 1, Phoc 3, Gleba C, Gleba E, Jardim Nova Brasília e Dos 46.

 

 

Slideshow | 9 fotos

Cras é modelo de assistência social

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 16 de outubro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 16 de outubro de 2021

Sedur visita empreendimento instalado em Catu De Abrantes

Sedur visita empreendimento instalado em Catu De Abrantes

Serviço de urgência e emergência será ampliado em Camaçari

Serviço de urgência e emergência será ampliado em Camaçari

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.