Convênio com o governo federal prevê a construção de duas embarcações

Iwwa Agência
Publicado 08/09/2010 01:09:38

O convênio entre o Ministério da Pesca e Aqüicultura e a Cooperativa de Pescadores de Camaçari (Coopesc) vai mudar a vida de 24 famílias de Arembepe, orla do Município.

A assinatura, que estava prevista para acontecer na última sexta-feira (03/09), foi adiada e deve ser realizada até o final do mês de setembro.

O documento prevê a liberação de R$ 6 milhões para Coopesc com a finalidade de construir duas embarcações de grande porte, além da qualificação dos pescadores para o manuseio adequado das embarcações.

Os barcos são de 72 pés (equivalente a 21,8 metros) e tem capacidade para armazenar 35 toneladas de peixes, cada um.

“As aquisições resultarão num salto qualitativo para os cooperativados, que passarão da pesca artesanal de subsistência para a pesca de grande produção”, afirma Ajax Tavares, diretor administrativo da Coopesc e conselheiro Nacional de Pesca e Aqüicultura.

Com o aumento do número de pescado a economia local também será aquecida, uma vez que o valor arrecadado será maior e permitirá melhores salários para os pescadores e mais qualidade de vida para as famílias.

De acordo com o presidente da Coopesc, Pedro de Assis, essa é uma luta antiga e que permitirá a concretização de muitos outros sonhos, como a importação e exportação dos pescados.

“Já foram feitos muitos contatos e a expectativa para a efetivação dos contratos são as melhores”, comemora.

Pescador há mais de 30 anos, Manoel de Brito está contando os dias para que as embarcações comecem a ser construídas e entrem em operação. “Com elas vamos ter a possibilidade de pescar diversas espécies de peixes que não são pegos de forma artesanal”, lembrou. E acrescenta, “estamos há dez anos trabalhando nesse projeto, que com certeza servirá de modelo para todo Brasil”.

Na Bahia, além da Coopesc, apenas a Coompi (Cooperativa de Pescadores de Itacaré) foi contemplada com o convênio do mesmo valor, previsto no Edital de 2005.

As cooperativas concorreram com mais de 1.000 entidades de todo o Brasil. As embarcações de Camaçari serão as maiores do Estado.

Foto: Carol Garcia

Ajax Tavares diz que o convênio impulsiona a pesca -

Mais Notícias

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (27) e aprazados da 2ª dose para a terça (28/9) devem antecipar a vacina

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (27) e aprazados da 2ª d...

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 26 de setembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 26 de setembro de 2021

Camaçarienses que inspiram: Edicleia Pereira Dias

Camaçarienses que inspiram: Edicleia Pereira Dias

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.