Conselho de cultura aprova tombamento da Igreja do Divino Espírito Santo em Abrantes

ASCOM
Publicado 25/05/2021 06:05:46

O Conselho Municipal de Cultura, juntamente com a Secretaria da Cultura (Secult) convocou os Conselheiros de Cultura para Reunião Extraordinária nesta segunda-feira (24/5), para apreciação e votação do relatório final do projeto de tombamento da Igreja do Divino Espírito Santo, em Vila de Abrantes, ação financiada pelo Fundo de Cultura do Município e previamente autorizada pelo conselho.

A reunião aconteceu no plenário da Câmara de Vereadores e foi presencial devido a apresentação e defesa do trabalho realizado por nove meses pela museóloga e responsável pelo projeto, Kátia Cunha, que ressaltou a importância do tombamento para Camaçari. “Esse tombamento é importante para resgatar e salvaguardar a cultura e a história dessa igreja maravilhosa, que é considerada a oitava igreja mais antiga do Brasil, então nós precisamos preservar essa memória e hoje nós podemos verificar que a comunidade está apoiando todo esse projeto”, concluiu.

Após a apresentação do projeto, o presidente do Conselho Municipal de Cultura, Luciel Neto, abriu para votação, tendo sido o documento, aprovado por unanimidade pelos conselheiros presentes, foram eles: Flávio Guerra (música), Célia Magna (movimentos sociais), Rafael Gonzaga (produtores culturais), Dema Alexandrino (artes visuais e artesanato), Márcia Tude (Secult), Paulo D’errico (Secult), Mariana Maciel (Secult), Deivison Luz (Secretaria da Educação), Jéssica Ribeiro (Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania), Cleide Pinheiro (Secretaria do Turismo), Joilson Nascimento (Secretaria do Turismo), Arisson Mascarenhas (Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude), Rafael Santos (Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude ), Robson Santos (Poder Legislativo) e Bruna Calazans (Poder Legislativo).

“Muito interessante a aprovação por unanimidade por parte de todos conselheiros presentes nessa reunião, porque nos sinaliza que estamos no caminho certo. Quero parabenizar a doutora Kátia Cunha pela qualidade do trabalho que fez. Para a gente é muito interessante, e o melhor ainda, é que quando começamos a fazer esse resgate histórico da cidade, estamos reconstruindo a nossa identidade”, pontou o presidente do conselho e Subsecretário da Cultura, Luciel Neto.

O apoio da comunidade se mantém forte, é o que pontuou Tito Santana, morador de Vila de Abrantes. “É uma questão que envolve a comunidade, precisamos nos preocupar com o que ainda existe da nossa história e tornar um atrativo cultural e turístico, para que as pessoas conheçam a história de Abrantes”, disse.

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 19 de setembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 19 de setembro de 2021

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (20) em Camaçari

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (20) em Camaçari

Prefeitura não decretará ponto facultativo no dia 27 de setembro

Prefeitura não decretará ponto facultativo no dia 27 de setembro

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.