Conferência debate saúde mental com a sociedade

Iwwa Agência
Publicado 06/04/2010 02:04:37

Com a intenção de mobilizar a sociedade a participar da luta a favor dos usuários do serviço de saúde mental, a Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria da Saúde (Sesau), está realizando a 2ª Conferência Intersetorial de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas de Camaçari. O evento acontece na Cidade do Saber até esta quarta-feira (07/04), das 13h30 às 17h30.

Nesta terça-feira (06/04), primeiro dia do evento, participaram cerca de 300 pessoas, que discutiram políticas públicas para o setor. Tendo como tema Saúde mental direito e compromisso de todos: consolidar avanços e enfrentar desafios, a conferência visa construir uma rede de serviços de saúde mental, álcool e outras drogas que atenda as necessidades da população e valorize o ser humano.

O evento terá também palestras, trabalhos de grupo, mesa-redonda e uma assembléia geral onde será votada propostas e delegados para representar o Município nas etapas estadual e nacional da conferência.

Abrir discussões, estimular a participação popular e convocar segmentos diferenciados da sociedade para o debate é, de acordo com o secretário da Saúde, Camilo Pinto, de fundamental importância. “Não se faz uma reforma psiquiátrica sem o engajamento de todos. O álcool, as drogas e a saúde mental estão tendo a devida relevância em nossa administração. O que queremos é ouvir mais e errar menos”.

Para Célia Baqueiro, coordenadora de saúde mental da Sesau, o importante não é discutir a doença e sim a promoção à saúde. “Esse é o espaço legítimo e democrático onde, junto com a população, usuários e outros setores da sociedade, vamos obter ganhos importantes”.

A abertura da conferência contou com a presença de Girlene Almeida, coordenadora do Projeto Loucura Cidadã. Usuária do serviço de saúde mental há 20 anos, ela se orgulha de ter vencido as barreiras da discriminação e do preconceito. “Para mim, como usuária, é muito importante ocupar o lugar que ocupo na luta pela inserção social dos usuários”. O evento contou ainda com a presença do secretário da Cultura, Vital Vasconcelos, e da secretária da Promoção da Mulher e da Reparação, Aurenita Castillo.

ATENDIMENTO
Em Camaçari, o serviço de saúde mental é garantido pelo Centro de Atenção Psicossocial (Caps), Centro de Especialidades em Saúde Mental (Cesme), Unidades de Saúde da Família (USFs), Pronto-Atendimentos (PAs), Samu, Hospital Geral (HGC) e Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Futuramente, será implantado o projeto Consultório de Rua, além de um ambulatório infanto-juvenil para atendimento de crise no PA do bairro Nova Aliança, Caps AD (Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas) e o Caps 3, que deve funcionar no lugar do atual Cesme. O centro 3 atende pessoas em sofrimento mental e oferece acolhimento noturno para residentes em Camaçari que estejam em situação de crise.

Foto: Nelinho Oliveira

O evento acontece na Cidade do Saber até quarta-feira -

Mais Notícias

Moradores do Condomínio Sabiás concluem curso de elétrica nesta quinta (20)

Moradores do Condomínio Sabiás concluem curso de elétrica nesta qui...

90 gestores participam de formação de utilização do Google Workspace

90 gestores participam de formação de utilização do Google Workspace

Com e-SUS indisponível Boletim Epidemiológico desta quinta (20) não será divulgado

Com e-SUS indisponível Boletim Epidemiológico desta quinta (20) não...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.