Comunidade discute prioridade no Fórum de Educação

ASCOM BOT
Publicado 16/11/2008 08:11:59

A importância do 1º Fórum Municipal de Educação de Camaçari está em valorizar ainda mais a opinião da população e criar uma relação de responsabilidade mútua entre pais, alunos, funcionários e gestores.

Por essa razão, o evento traz o tema Novos Rumos para a Educação em Camaçari, é o que explica o Secretário da Educação, Luiz Valter Lima.

Ter até 2012 todas as crianças de quatro e cinco anos na escola, dar continuidade na alfabetização de jovens e adultos e ampliar o projeto para que possam concluir o ensino fundamental, aumentar o número de atendimentos nas creches e melhorar a qualidade do ensino, são exemplos de ações que são metas em 2009.

Para o secretário Luiz Valter Lima, “a proposta de gestão educacional de Camaçari não é administrar, é gestar”. Ele explica que gestar implica em ouvir, em participar, atualizar e envolver a comunidade nas tomadas de decisão e o Fórum Municipal de Educação chega para firmar esse ideal.

O objetivo do evento é conscientizar as pessoas sobre o papel de cada um na sociedade. A iniciativa é um processo lento, mas eficaz, por ter uma natureza educativa ampliada e global, é o que diz o secretário de Educação.

Para que as ações sejam eficazes a comunidade precisa conviver com os problemas da sociedade para entendê-los e propor soluções eficientes. A tendência é que as pessoas deixem de ter apenas um envolvimento político e passe a ter também um envolvimento afetivo e de comprometimento com a educação do Município.

PRIMEIRA ETAPA
Todas as unidades de ensino de Camaçari deram início, na última sexta-feira (14/11), às atividades referentes ao 1º Fórum Municipal de Educação. Pais, alunos, professores, funcionários e gestores se reuniram nas escolas com o intuito de levantar propostas sobre temas como gestão educacional e práticas pedagógicas, além de eleger representantes para formação de conselho.

Projetos que promovam a inserção dos pais na escola, métodos inovadores para estimular os estudantes, implantação de alunos monitores e policiamento nas portas e imediações da unidade, são algumas das propostas levantadas por pais de alunos do Colégio Municipal São Thomaz de Cantuária.

Para o pai de dois alunos da unidade de ensino, Nailton Carlos Souza Couto, “a iniciativa é boa oportunidade de demonstrar que educar não é só uma tarefa da escola”. A diretora do colégio, Lígia Burgos acrescenta, “é uma excelente chance de mudar os rumos da educação no Município”.

Aumentar o número de auxiliares de disciplina foi a proposta da aluna da 7ª série, Naiane Carla Neves, 13 anos. Ela diz se sentir privilegiada em participar do fórum e garante “iniciativas como essa valorizam e estimulam os alunos a participarem do ambiente escolar mais efetivamente”.

Foto: Agnaldo Silva

Professores, pais e servidores participam das reuniões -

Mais Notícias

Fábrica Eliane passará por modernização em Camaçari

Fábrica Eliane passará por modernização em Camaçari

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 22 de Janeiro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 22 de Janeiro de 2021

Incêndios lideram chamados na Defesa Civil em parcial do mês de janeiro

Incêndios lideram chamados na Defesa Civil em parcial do mês de jan...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.