Complexo impulsiona a cultura de Camaçari

ASCOM BOT
Publicado 19/03/2009 02:03:15

A Cidade do Saber Professor Raymundo Pinheiro, inaugurada em 22 de março de 2007, contribui, de forma considerável, para impulsionar a cultura em Camaçari.

Mais que uma boa estrutura, o complexo surgiu como mais um espaço para os artistas e produções do Estado, através de cursos e oficinas de arte e cultura gratuitamente para a população do Município.

Além dos cursos ministrados regularmente, que disseminam a cultura entre os moradores de Camaçari, através da dança, teatro, música e pintura, a Cidade do Saber contribui para divulgar o teatro no Município.

Ao longo dos quase dois anos de funcionamento, o espaço foi palco para cerca de 90 espetáculos diferentes de dança, teatro e musicais que realizaram 160 apresentações.

Dentre as peças encenadas no teatro da Cidade do Saber, o segundo maior do Estado, estão Vixe Maria, Deus e o Diabo na Bahia, Ó paí ó, Esse glauber, O vôo da Asa Branca, A bofetada, R$ 1,99, O sapato do meu tio e O grande criador, espetáculo internacional, encenado pela Cia. do Chapitô, de Portugal.

No intuito de despertar o interesse e criar uma cultura na cidade de gosto pelo teatro, os ingressos de todos os espetáculos são vendidos a preços populares. Talvez, em função disto, a Cidade do Saber comemore um público recorde com mais de 50 mil espectadores em menos de dois anos.

O cantor e compositor Paulinho Boca de Cantor, integrante do ex-grupo Novos Baianos, se apresentou no complexo de inclusão social por duas vezes, uma na peça A Caminho da Ternura e outra, no projeto A Bossa do Boca – 100 anos de música no Brasil.
Para o cantor e compositor, a Cidade do Saber é um equipamento que se faz necessário em todas as cidades brasileiras. “O projeto é importante para que os nossos jovens e crianças aprendam na prática e se interessem pelas artes desde cedo”.

Paulinho Boca de Cantor avalia ainda que o complexo é uma prova de que as crianças mais carentes podem ter um outro caminho se contarem com um equipamento público de qualidade. Ele aproveitou para fazer um apelo a todas as pessoas que utilizam e trabalham no espaço. “Cuidem da Cidade do Saber para manter o espaço atuante com toda a funcionalidade que tem hoje para que possa durar por muito tempo”.

A comunidade artística de Camaçari também reconhece a importância do complexo para o fomento da cultura. Na avaliação de Cilene Guedes, fundadora do TAC (Teatro Amador de Camaçari), o espaço contribui com a cultura do Município porque oferece cursos de várias frentes artísticas, o que era difícil de encontrar. Ainda traz bons espetáculos a preços populares e abriu mais espaço para os grupos de teatro locais.

Slideshow | 4 fotos

Complexo impulsiona a cultura de Camaçari

Mais Notícias

Melhoria em pavimento interdita provisoriamente a Jorge Amado no sentido HGC

Melhoria em pavimento interdita provisoriamente a Jorge Amado no se...

Leitos de internamento e regulação de pacientes é tema de reunião entre Sesau e diretoria do HGC

Leitos de internamento e regulação de pacientes é tema de reunião e...

Prefeitura de Camaçari orienta sobre processo de matrícula para 2021

Prefeitura de Camaçari orienta sobre processo de matrícula para 2021

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.