Comitiva de Corumbá conhece o Cuidar

Iwwa Agência
Publicado 04/05/2012 04:05:11

Com objetivo de conhecer de perto a experiência da Unifal (Unidade de Apoio às Pessoas com Doença Falciforme), uma comitiva da cidade de Corumbá, no Mato Grosso do Sul, visitou, nesta sexta-feira (04/05), o Cuidar (Centro de Unidades de Apoio e Referência em Saúde) de Camaçari.

O trabalho desenvolvido em Camaçari servirá de base para a implantação do Programa de Atenção à Pessoa com Doença Falciforme em Corumbá. “Camaçari é referência no Brasil, por isso escolhemos a Unifal para verificar in loco o funcionamento da unidade”, explicou Davi do Rosário, gerente de Promoção da Igualdade Racial de Corumbá.

Encantada com a dimensão do trabalho desenvolvido no Município em prol das pessoas com doença falciforme, a presidente da Acodfal (Associação Corumbaense das Pessoas com Doença Falciforme) e também conselheira municipal da saúde, Walthenia Costa, expressou o desejo de que o Município implante uma estrutura semelhante à de Camaçari, em termos de equipe, tratamento e, especialmente, acolhimento ao paciente.

O fato de a Unifal oferecer todo o suporte necessário à pessoa com doença falciforme em um só local, inclusive com a oferta de consultas e acompanhamento com médico hematologista, também impressionou a comitiva, que contou com a presença da presidente do Conselho Municipal de Saúde de Corumbá, Lúcia Helena Coelho.

Os visitantes foram recepcionados pelo coordenador da Unifal, Tiago Novais, e se reuniram com a equipe da Unifal, o presidente da Associação Camaçariense das Pessoas com Doença Falciforme, Ademário Ribeiro, mães de pacientes da Unifal e com o subcoordenador estadual de Promoção da Equidade em Saúde e coordenador do Comitê Técnico Estadual de Saúde da População Negra, Antonio Purificação.

 UNIFAL

Camaçari é a primeira cidade do Nordeste, fora as capitais, a implantar uma unidade de atenção às pessoas com doença falciforme e, graças à qualidade e dimensão do trabalho desenvolvido no Município, a Unifal se tornou referência no Estado e no País.

Na local, os pacientes são atendidos por uma equipe multiprofissional, composta por médica hematologia, assistente social, nutricionista, farmacêutico bioquímico, coordenador e três auxiliares administrativos. Além disso, a unidade encaminha os pacientes para as vacinas especiais e realiza a marcação de exames específicos, a exemplo do doppler transcraniano, bioimagem e laboratoriais.

A implantação da Unifal também rendeu outros benefícios. A partir da unidade, a Sesau (Secretaria da Saúde) passou a distribuir os medicamentos destinados às pessoas com doença falciforme nas unidades de saúde, uma das diretrizes do Programa Municipal de Atenção Integral à Pessoa com Doença Falciforme, instituído em 2009.

Slideshow | 5 fotos

Comitiva de Corumbá conhece o Cuidar

Mais Notícias

Governo se reúne com representantes de cooperativas de transporte público

Governo se reúne com representantes de cooperativas de transporte p...

Vacinação contra Covid-19 continua para adultos e adolescentes e avança para crianças de 9 anos acima

Vacinação contra Covid-19 continua para adultos e adolescentes e av...

Prazo de inscrições para a 2ª Conferência Municipal de Saúde Mental termina nesta quarta (19/1)

Prazo de inscrições para a 2ª Conferência Municipal de Saúde Mental...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.