Começam novas obras no Morro da Manteiga

Iwwa Agência
Publicado 03/02/2010 12:02:03

Começou a segunda etapa de reflorestamento do Morro da Manteiga. Segundo a Secretaria da Infra-Estrutura de Camaçari (Seinfra), a proposta é disciplinar o escoamento das águas e criar condições para que o morro retorne às condições naturais de estabilidade.

A intervenção foi dividida em duas fases. A primeira, realizada em uma área de 8 mil metros quadrados, contempla toda encosta do bairro Novo Horizonte e parte do Maria Meire.

No local, está sendo feita regularização dos espaços erodidos, nivelamento do terreno, abertura de covas para disposição de adubos e semente, mais a aplicação de biomanta – manta constituída por fibras naturais e biodegradáveis de coco. A previsão é de que os trabalhos terminem no final do mês.

Na segunda fase, que compreende o restante do acesso ao bairro Maria Meire, é realizada terraplanagem do terreno. De acordo com a Seinfra, os trabalhos com as máquinas devem ser concluídos até o final de fevereiro. O terreno beneficiado mede aproximadamente 25 mil metros quadrados.

Uma equipe de 30 profissionais trabalha diretamente nas obras do Morro da Manteiga, que tem investimento municipal próximo a R$ 900 mil. A meta da Prefeitura é, numa terceira etapa, estender a obra para encosta que dá acesso à Via Parafuso e, em seguida, fazer o reflorestamento de toda área.

A recuperação do Morro beneficia não só a população do entorno, onde residem cerca de 500 famílias, mas toda população de Camaçari, uma vez que a ação contribui para preservação do meio ambiente, redução do assoreamento do Rio Camaçari e da poluição.

MORRO DA MANTEIGA
As obras no local iniciaram em 2008, com a recuperação de 35 mil metros quadrados de área. Na época, também foi realizada pavimentação asfáltica, construção de passeios e obras de drenagem. O Morro da manteiga é uma elevação situada ao norte dos bairros Maria Meire e Novo Horizonte.

O local sofre com o processo de degradação, existente há mais de 30 anos, em função da exploração das empresas da construção civil e da ocupação irregular.

Foto: Nelinho Oliveira

O reflorestamento está orçado em cerca de R$ 900 mil -

Mais Notícias

Concessão da Rodoviária e estudo de zona azul são temas de reunião

Concessão da Rodoviária e estudo de zona azul são temas de reunião

Café Filosófico Oluwo virtual reuni profissionais de educação

Café Filosófico Oluwo virtual reuni profissionais de educação

Prefeitura decreta recesso para o funcionalismo público no fim do ano

Prefeitura decreta recesso para o funcionalismo público no fim do ano

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.