Cidade do Saber amplia projetos e atrai parcerias

ASCOM BOT
Publicado 20/03/2009 01:03:10

Em dois anos de funcionamento, a Cidade do Saber Professor Raymundo Pinheiro coleciona bons resultados e, com isso, tem conquistado cada vez mais parcerias e ajudado a elevar a auto-estima da população.

Mantido pela Prefeitura de Camaçari, o espaço conta com parcerias de empresas privadas e organizações como a Braskem, Tigre, Petrobrás, o Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (Cofic) e o complexo hoteleiro Sol Meliá.

De acordo com Érico Oliveira, superintendente de Desenvolvimento e Comunicação do Cofic, a interface que a empresa mantém com a Cidade do Saber é bastante estreita e intensa.

O fato de enxergar o espaço como um grande projeto de inclusão social, não apenas pela estrutura, mas, principalmente, pela proposta de trabalho motivou a empresa a firmar parcerias com a instituição e ainda estimular as demais empresas do Pólo Industrial a investirem no projeto. “O complexo de inclusão desenvolve um trabalho de maior importância, com grande valor social para Camaçari e para o Estado”.

E os investimentos não foram em vão. Dentre os resultados positivos está o sucesso de algumas das pessoas atendidas pelo programa, a exemplo das quatro crianças que conquistaram bolsas para a escola de Teatro do Bolshoi, a karateca Paloma Nunes, vice-campeã Sulamericana de Karatê na modalidade Kumitê, categoria juvenil, Davi Menezes, médio-ligeiro, que passou a integrar a Seleção Brasileira de Boxe, em 2008 e Priscila Santos de Jesus, 2º lugar no concurso estadual “O que minha terra tem de melhor”, promovido pela empresa Bahia Pulp.

Moradora do bairro Nova Vitória, Priscila de Jesus, 15 anos, é aluna de pintura em tela e também já cursou desenho e pintura, na Cidade do Saber. Ela já tinha a aptidão na área e teve a habilidade aperfeiçoada através das aulas que tem na instituição desde que foi inaugurada. “Adorei a oportunidade, porque aprendi muita coisa no complexo como, por exemplo, a desenvolver a técnica. Isso me ajudou a conquistar o 2º lugar no concurso no qual concorri com 15 mil pessoas da Bahia”.

A pintura contagiou toda a família. O pai de Priscila, por exemplo, aposta tanto no potencial da filha que montou uma galeria para ela em casa. “Muitas das telas que pinto são doadas para parentes e amigos”. Hoje, Priscila ainda não sabe se pretende seguir a carreira artística, mas tem certeza de que vai continuar desenhando e pintando, seja como uma profissão ou por hobby.

Outro destaque da Cidade do Saber é Géssica Rosa de Lima, 15 anos, campeã baiana de karatê 2008. Moradora do bairro da Gleba E, ela começou a treinar há dois anos e hoje é faixa vermelha. Segundo Géssica, o complexo tem um papel importante na vida dela. “Se não fosse a Cidade do Saber, eu não teria conhecido o karatê e me identificado com o esporte”.

O complexo de inclusão social contribuiu ainda para impulsionar o esportista Gerson Rodrigues Neto, 16 anos, que foi convidado para integrar a equipe juvenil da seleção baiana de basquete. Ele, que mora com a tia no bairro Nova Vitória, treina a quase dois anos. “Se não fosse o espaço eu não teria a oportunidade de entrar na seleção baiana de basquete”.

A Cidade do Saber também apresenta resultados concretos no que diz respeito à melhora das condições de saúde da população. Maria de Lourdes, 65 anos, moradora do bairro da Gleba B, é uma prova disso. Aluna de hidroginástica desde 2008, ela também faz alongamento e relata melhoras significativas em relação à artrose que tem no joelho.

“Melhorei bastante depois dos exercícios de hidroginástica e de alongamento. Antes sentia fortes dores e tomava remédio para a artrose todos os dias, agora só tomo uma vez por semana e nem lembro mais quando tive a última crise”, garante a aposentada.

Mais Notícias

Camaçari recebe 2.040 doses da vacina contra Covid-19

Camaçari recebe 2.040 doses da vacina contra Covid-19

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 18 de Janeiro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 18 de Janeiro de 2021

ISSM realiza quase 6 mil atendimentos em 2020

ISSM realiza quase 6 mil atendimentos em 2020

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.