Centro de Pesquisa elege Camaçari a cidade mais digital da Bahia

Iwwa Agência
Publicado 16/06/2011 03:06:50

Camaçari foi considerada a cidade mais digital da Bahia, a 6ª do Nordeste e a 37ª do Brasil, dentre os 75 municípios que participaram do Índice Brasil de Cidades Digitais (IBCD), lançado pelo CPqD (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicação), em parceria com a editora Momento Editorial. A cerimônia aconteceu terça-feira (14/06), em São Paulo.

Em comparação a capital baiana, Camaçari ficou na frente em todas as categorias. Salvador ficou com o 2º lugar entre os municípios baianos, 7º entre os estados nordestinos e 50º entre as cidades brasileiras avaliadas.

De acordo com o secretário da Administração, Ademar Delgado, a colocação de Camaçari é fruto dos investimentos da administração municipal em diversas ações na área de Tecnologia da Informação (TI), como o projeto Praças Inteligentes, previsto para acontecer em agosto deste ano, que dará acesso à internet pública via sistema wi-fi.  O projeto vai abranger as praças Desembargador Montenegro, Abrantes, dos 46, da Noite e das Glebas A e E.

Em Dezembro será implantado os Telecentros Rotativos, que vai promover cursos e a inclusão digital dos moradores de diversas localidades do Município.

Atualmente, mais de 80 % das unidades de ensino de Camaçari contam com laboratório de informática e mais de 70% dispõem de algum tipo de conexão com a internet. Além disso, todos os postos de saúde do Município estão conectados ao sistema de gestão da saúde.

Em Camaçari, a população tem disponível diversos serviços fazendários via internet, a exemplo do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), do ISS (Imposto Sobre Serviços), do Recad (Programa de Recadastramento de Atividades), além de acesso ao mapeamento geográfico do Município, através do SIG (Sistema de Informações Geográficas), ferramenta de geoprocessamento.

Aliado a tudo isso, está a modernização da gestão com a implantação de iniciativas como o Pregão Eletrônico, Licitação Informatizada e o Portal de Compras.

De acordo com coordenador da Central da Tecnologia e Gestão da Informação (CCTGI), Bruno Moura, a Prefeitura vai assinar um convênio de cooperação técnica com as empresas americanas IBM (Internacional Business Machines), para a implantação do projeto Capacitação da Juventude em Tecnologia da Informação, e Cisco Systems, para treinamento na área de Infraestrutura de Rede, destinado, inicialmente, a 50% dos jovens estudantes da rede municipal de ensino.

Ainda segundo o coordenador, a colocação que o Município atingiu faz parte também do esforço conjunto com os núcleos de informática da Sesau (Secretária da Saúde), Seduc (Secretaria da Educação) e Sefaz (Secretaria da Fazenda).

Camaçari será uma das 100 cidades brasileiras escolhidas para receber o projeto de democratização da internet, conhecido como Plano Nacional de Banda Larga. “Isso é possível graças aos trabalhos de TI desenvolvidos pelo Município”, avalia Bruno Moura. 

AVALIAÇÃO

O Índice Brasil de Cidades Digitais, inédito no país, tem como objetivo medir o nível de digitalização dos municípios brasileiros que utilizam as Tecnologias de Informação e Comunicação.

Para avaliar em que estágio estão os municípios, o CPqD criou uma metodologia que leva em conta uma série de critérios, relacionados não só à infraestrutura tecnológica (presença de equipamentos primários, banda, cobertura geográfica, etc), mas também a disponibilidade de serviços digitais e até de recursos de acessibilidade.

Foto: Agnaldo Silva

Mais de 80 % das escolas utilizam as novas tecnologias -

Mais Notícias

Secult se reúne com agentes culturais em visita à Lagoa da Paz

Secult se reúne com agentes culturais em visita à Lagoa da Paz

Observatório de Dados é lançado pela Secult

Observatório de Dados é lançado pela Secult

Gestoras se reúnem para dialogar sobre o Horto Florestal

Gestoras se reúnem para dialogar sobre o Horto Florestal

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.