CCZ promove ação em Machadinho

Iwwa Agência
Publicado 06/03/2013 05:03:13

A Prefeitura, através do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), promoveu uma ação de bloqueio de combate à leshmaniose na localidade de Machadinho. Realizada nesta quarta-feira (06/03), a iniciativa consistiu nas visitas aos domicílios, cujos donos criam cachorros ou outros animas, para realizar testes rápidos. O objetivo é detectar a doença e evitar o contágio de moradores.

Durante a ação, o CCZ também realizou a borrifação nas residências visitadas para combater a presença do mosquito flebotomíneos, mais conhecido como mosquito palha ou birigui, transmissor da doença.

De acordo com o coordenador do CCZ, Gilmar Pereira, a partir de um resultado positivo do teste rápido, o animal é recolhido para sede do CCZ e passa por outros exames de sorologia, para comprovação da doença. Aqueles que tiverem a doença constatada serão eutanasiados, por meio do sacrifício humanizado, conforme preconiza o Ministério da Saúde.

Criador de cachorro e de galinhas, animais que servem como hospedeiros para o mosquito, o vendedor Cosme Santana elogiou a iniciativa da Prefeitura. Ele ressaltou que a ação previne não só os animais, mas também a família e os vizinhos.

Leishmaniose

A leishmaniose é uma doença não contagiosa e a transmissão do parasito ocorre através da picada do mosquito fêmea infectado. Os principais sintomas da doença visceral é a febre constante, perda de apetite, fraqueza, anemia, emagrecimento e palidez.

Foto: Agnaldo Silva

CCZ combate a leshmaniose em Machadinho -

Mais Notícias

Camaçari é destaque em Seminário sobre o Casa Verde e Amarela

Camaçari é destaque em Seminário sobre o Casa Verde e Amarela

Sesau lança o projeto Conviver com Sorriso

Sesau lança o projeto Conviver com Sorriso

ISSM realiza treinamento sobre Pró-Gestão RPPS

ISSM realiza treinamento sobre Pró-Gestão RPPS

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.