Cata Bagulho coletou cerca de 55 toneladas de material em 2023

ASCOM
Publicado 29/11/2023 03:11:02

Foram 29 edições do projeto Cata Bagulho, executadas ao longo do ano de 2023. Juntas, retiraram, aproximadamente, 55 toneladas (t) de materiais sem utilidade para a população, distribuídas em 42 bairros e localidades do município, entre a sede e a costa do território. Nesta quarta-feira (29/11), foi a vez dos moradores de Monte Gordo serem atendidos com a coleta do projeto, fechando a última edição dessa temporada.

A gestora da Secretaria dos Serviços Públicos (Sesp), Arlene Rocha, iniciou os trabalhos do dia agradecendo o engajamento de cada colaborador na execução da proposta inovadora de coleta seletiva, bem como a adesão crescente da população ao longo de cada edição implementada. “Isso mostra a necessidade que existia dessa ação no município. O governo fica feliz em ver que as pessoas aderiram à ação do Cata Bagulho”, disse, ao comentar o montante do material coletado.

Arlene finalizou sua fala já adiantando que, em 2024, o projeto será ainda mais forte. “E 2024 vem aí, viu? Viremos com mais força ainda, vamos atender a partir da primeira semana de fevereiro, até março, tanto a sede como a costa. Do mês de abril em diante, atingiremos somente a sede, retornando para a costa a partir de outubro”, adiantou a gestora.

Implementado pela prefeitura, por meio da pasta, o projeto teve sua largada no mês de abril no bairro Ficam, na sede. Na visão de Alex Araújo, coordenador operacional do Cata Bagulho, devido à adesão diferenciada que certos locais apresentaram, é necessário fazer alguns destaques. “Lembro que, no Gravatá, por exemplo, nós tiramos três caminhões de material. No Parque das Mangabas também, o pessoal aderiu muito, assim como no Inocoop [Bela Vista] e Piaçaveira”, disse o profissional, referindo-se coincidentemente a bairros da sede de Camaçari. Segundo ele, na costa, a região de Abrantes ocupou a posição de liderança em volume de material coletado.

Após percorrer mais de 40 localidades, das mais próximas do centro administrativo do município às mais distantes, a edição que aconteceu nesta quarta, em Monte Gordo, só reforçou a assertividade do projeto, bem como a receptividade e adesão da população camaçariense à proposta.

Proprietário de uma borracharia localizada numa das transversais da BA-529, popularmente conhecida como Estrada Velha de Monte Gordo, e próximo ao bairro Caraíbas, Raimundo Santos, 52 anos, aproveitou a passagem do caminhão para se desfazer de sucatas e peças automotivas sem serventia. “Eu tô vendo [o Cata Bagulho] como uma coisa boa. Pelo menos desocupa o espaço, e não fica juntando coisa, pneus, essas coisas que acabam juntando água, que traz a dengue. É um bom projeto”, reconheceu.

Outro que aproveitou a execução da coleta foi Edenilson do Nascimento, de 48 anos, morador da casa nº 273, na Estrada Velha de Monte Gordo. “Esse sofá estava aí inutilizado, a cachorra rasgou, não prestava mais. Como o carro de som saiu anunciando que o Cata Bagulho ia passar, trouxemos para jogar fora e não deixar a rua suja”, disse o cidadão consciente.

A coleta do Cata Bagulho retirou gratuitamente móveis em geral como guarda-roupas, sofás, camas, além de eletrodomésticos inservíveis. O caminhão do projeto também coletou recicláveis como plástico, vidro e metais em geral. Durante a breve pausa do projeto, a Sesp orienta que, para a dispensa de materiais afins, o cidadão procure o Ponto Ecológico de Entrega Voluntária (EcoPEV) mais próximo, espaço que também é próprio para o descarte de entulho de obras e podas de árvores.

Para a dispensa de lixo doméstico, a Sesp mantém, diariamente, a execução da coleta regular, realizada na sede e costa, pela Naturalle, empresa responsável pela limpeza urbana do município. Em caso de qualquer necessidade, o Disque Limpeza Urbana permanece disponível ao cidadão pelo aplicativo WhatsApp, pelo número (71) 9 9951-0191, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, somente através de mensagem escrita.

Mais Notícias

Obras de requalificação e urbanização em Guarajuba prosseguem

Obras de requalificação e urbanização em Guarajuba prosseguem

Pagamento do IPTU 2024 com desconto de 10% segue até 11 de março

Pagamento do IPTU 2024 com desconto de 10% segue até 11 de março

Camaçari vai sediar XVIII Seminário da ACTEBA

Camaçari vai sediar XVIII Seminário da ACTEBA

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us