Campanha educativa do SAMU reduz trotes em 18%

ASCOM BOT
Publicado 16/12/2008 07:12:22

Para reduzir o número de trotes, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192) de Camaçari realiza campanha com palestras e apresentação de teatro em escolas estaduais e municipais.

O projeto, que tem como foco crianças e jovens, reduziu em 18% as chamadas falsas ao serviço. No Município, o SAMU-192 recebe uma média de 1.350 ligações diárias, sendo 540 trotes.

O SAMU-192 nas Escolas, nome dado à iniciativa, começou este ano e já orientou cerca de 1.300 estudantes.

O serviço, criado para prestar socorro em casos de urgência e emergência, registrou, entre janeiro e dezembro, 15.293 atendimentos.

O médico Luciano Pinto, coordenador do SAMU-192 em Camaçari, lembra a importância para a comunidade e a necessidade em não passar trotes. “A população deve ser devidamente orientada sobre o prejuízo que uma chamada falsa pode causar. O socorro é mais rápido quanto melhor usado o serviço”.

As ligações falsas também causam prejuízos aos cofres públicos, uma vez que demanda combustível, equipamento e manutenção. O Ministério da Saúde (MS) estabelece um gasto mensal de R$ 55 mil por cada ambulância avançada, R$ 25 mil por cada básica e R$ 39 mil com a central de regulação. O valor é dividido entre o MS, responsável pelo repasse de 50%, Estado 30% e Prefeitura 20%.

O SAMU-192 de Camaçari possui atualmente quatro ambulâncias, duas de suporte básico e duas avançadas com UTI. O serviço conta com 21 médicos, 10 auxiliares, seis rádios operadores, 20 condutores, 12 técnicos de enfermagem, 12 enfermeiros, dois técnicos administrativos, quatro coordenadores e cinco auxiliares.

Cada viatura é acionada de acordo com a gravidade do caso. “O médico regulador avalia as chamadas e as classifica por importância. Às vezes, não é necessário nem mandar a viatura, basta uma orientação por telefone”, assegura Luciano. A ligação é gratuita e pode ser feita pelo número 192.

A eficiência do trabalho deu ao Município, recentemente, o título de SAMU Regional, tornando-o responsável pelo gerenciamento dos trabalhos em Dias D’Ávila, Conde, Pojuca, Mata de São João e São Sebastião do Passé. O quadro funcional está ganhando reforço para atender a nova demanda.

NEP
Para reforçar o projeto, o serviço de Camaçari vai contar, em breve, com o Núcleo de Educação Permanente (NEP). Em fase de implantação, o programa oferece capacitação aos profissionais, além de prestar orientação aos moradores.

Foto: Marina Silva / Arquivo

Estudantes aprendem que o telefone 192 não é brincadeira -

Mais Notícias

Mais 1.660 doses de vacina contra Covid-19 chega a Camaçari

Mais 1.660 doses de vacina contra Covid-19 chega a Camaçari

Camaçari sedia 1ª Etapa do Campeonato Baiano de BMX

Camaçari sedia 1ª Etapa do Campeonato Baiano de BMX

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 24 de Janeiro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 24 de Janeiro de 2021

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.