Camaforró aquece a economia de Camaçari

Iwwa Agência
Publicado 10/06/2009 02:06:14

Tradicionalmente conhecido como um dos festejos mais importantes da Região Metropolitana, o Camaforró que será realizado no período de 21 a 24 de junho, no Espaço Camaçari aquece e movimenta a economia local.

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), a festa gera cerca de 5 mil empregos diretos e 3 mil indiretos, proporcionando um aumento de mais de 10% nas vendas.

Os setores mais aquecidos são as feiras, supermercados, comércio de calçados, confecções e bebidas. Marcos da Silva, gerente de uma loja de produtos masculinos, localizada no Centro de Camaçari, disse que esta é a terceira melhor festa, depois do Natal e Dia das Mães, porque atrai um número grande de consumidores.

De acordo com o gerente, as roupas mais procuradas pelos jovens na faixa etária de 15 a 25 anos são calças jeans e camisas xadrez, e o estoque aumenta em 7% . “A expectativa é de que até o dia da festa o movimento aumente porque as pessoas geralmente deixam para comprar na última hora”.

Fabiana Vieira, vendedora de uma loja de calçados, concorda e acrescenta que as mulheres são muito vaidosas. Segundo ela, o estoque aumenta em mais de 10% com a venda de botas, o produto mais procurado na época junina. “O Camaforró é uma referência nas festas de São João do interior, e traz muita gente de fora para curtir as atrações”, diz.

Considerando um ótimo período para investimento em roupas típicas chapéus, bandeirolas, dentre outros artigos da época, a coordenadora de vendas de uma das maiores lojas de departamentos da Bahia, com filial na cidade, Moema Paim, acredita no incremento das vendas. Ela informou que a loja vai aumentar entre 10 e 15% o estoque de produtos.

COMÉRCIO INFORMAL
Dentro do Espaço Camaçari vão funcionar 150 barracas de bebidas, de comidas típicas, drinks e lanches para atender um público estimado pela Coordenação de Eventos em 80 mil pessoas por noite.

Segundo a Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), durante os quatro dias da festa trabalham na parte externa, cerca de 700 ambulantes cadastrados, com venda de milho verde, acarajé, caldo de cana, crepes, bebidas em geral e lanches.

Distante 40 quilômetros de Salvador, Camaçari oferece ainda uma variada rede hoteleira e de serviços, que cabe em todos os bolsos. Os restaurantes trabalham com preços de R$ 15,00 a R$ 75, 00, enquanto a hospedagem oscila de R$ 50,00 a R$ 172,00 a diária.

Quem escolher o Município para passar a festa junina vai encontrar ainda apresentações de quadrilhas, sanfoneiros e uma megaestrutura, com um palco coberto onde se apresentam as atrações principais, coreto, e Caramanchão, além de estandes de apoio.

A decoração também será uma atração à parte, onde uma cidade cenográfica está sendo montada com praça e espaço para crianças.

Foto: Nelinho Oliveira

Vendas aumentam em mais de 10% no período junino -

Mais Notícias

Prefeito Elinaldo entrega oficialmente a iluminação do Natal de Luz

Prefeito Elinaldo entrega oficialmente a iluminação do Natal de Luz

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 2 de dezembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 2 de dezembro de 2021

Sesau realiza Dia D da vacinação contra Covid neste sábado (4)

Sesau realiza Dia D da vacinação contra Covid neste sábado (4)

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.