Camaçari lidera as exportações do semestre com U$$ 1,2 bilhão em vendas

Iwwa Agência
Publicado 15/07/2010 04:07:23

Camaçari volta a mostrar o potencial e capacidade de superação econômica. Prova disso são os números apresentados durante o primeiro semestre de 2010.

No quesito exportação Camaçari ocupou o topo da lista, com vendas que somaram US$ 1,2 bilhão, o que representa 30,2% do total das exportações do Estado, que foi de US$ 4,14 bilhões no mesmo período.

O valor das exportações representa um aumento de 60,14% em relação aos seis primeiros meses de 2009, quando o Município exportou o equivalente a US$ 755,8 milhões.

A celulose, produtos químicos/petroquímicos, pneus e embarques de automóveis estão entre os produtos que impulsionaram as vendas.

Dentre os materiais químicos que merecem destaque está o propileno. A exportação do produto rendeu US$ 115,5 milhões no primeiro semestre de 2010, um incremento de 266,45% em relação ao mesmo período em 2009, quando foram vendidos US$ 31,5 milhões.

De acordo com o prefeito Luiz Caetano, os resultados nesta área mostram o acerto da política econômica do governo Lula e que Camaçari tem contribuído para estimular o desenvolvimento com justiça social.

A Bahia ocupa a nona posição na lista dos estados que mais exportaram no país, com 4,7% das exportações brasileiras, além de liderar o ranking do Nordeste, com 53,8% de participação.

Os produtos que mais tiveram crescimento na venda externa foram petróleo e derivados, com 317,5%, produtos químicos e petroquímicos, com 64,1%, além de papel, celulose e automóveis com 36,2% e 34,6%, respectivamente.

Os produtos foram beneficiados pela recuperação econômica em dois dos principais clientes da Bahia na área de manufaturados, os EUA e a América Latina.

PRODUÇÃO INDUSTRIAL

A produção industrial baiana no setor de transformação e extrativa mineral registrou, em maio deste ano, um incremento de 4% comparado ao mês anterior. De acordo com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), o crescimento foi o segundo melhor resultado do país, atrás apenas do Paraná, que obteve um aumento de 17,7% na produção industrial.

Os setores que mais influenciaram o resultado foram os de refino de petróleo e o álcool, com 6,1%, produtos químicos, com 4,9%, e a indústria de transformação, com 4,6%.

Na comparação com maio de 2009, a indústria apresentou expansão de 17,9%, com variações positivas para o refino de petróleo (108,0%), alimentos e bebidas (15,9%), minerais não-metálicos (23,4%) e veículos (23,3%).

Segundo Luiz Mário Vieira, coordenador de acompanhamento conjuntural da SEI, autarquia da Secretaria Estadual do Planejamento (Seplan), “Camaçari teve contribuição decisiva no desempenho da indústria baiana, que registrou alta de 16,3% de crescimento da produção no acumulado de janeiro a maio, em relação ao mesmo período em 2009, com destaque para os resultados positivos nos setores de veículos (12%), produtos químicos (10%), borrachas e plásticos (3%)”.

Foto: Agnaldo Silva

Setor de produtos químicos teve resultados positivos -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 19 de setembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 19 de setembro de 2021

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (20) em Camaçari

Vacinação contra Covid segue nesta segunda (20) em Camaçari

Prefeitura não decretará ponto facultativo no dia 27 de setembro

Prefeitura não decretará ponto facultativo no dia 27 de setembro

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.