Camaçari impulsiona liderança da Bahia com investimentos em diversos setores

Iwwa Agência
Publicado 08/12/2010 03:12:49

Camaçari, que sedia o complexo automobilístico Ford Nordeste e mais 90 empresas no Pólo Industrial, contribuiu significamente para o resultado alcançado pela Bahia em relação ao crescimento industrial registrado nos meses de setembro e outubro deste ano.

O Estado, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em um total de 14 pesquisados, foi o que mais cresceu, com 5,4% de alta.

O setor automobilístico, representado na Bahia pela Ford, sediada em Camaçari, foi um dos que mais cresceu. Também obtiveram destaque os setores de eletroeletrônicos, maquinários e mineração.

O ótimo resultado do Estado, na avaliação do superintendente geral do Cofic (Comitê de Fomento Industrial de Camaçari), Mauro Pereira, se deve a relação de diálogo e parceria que existe hoje entre a indústria e os governos estadual e federal.

Para ele, o salto registrado pela indústria baiana se deve aos investimentos que os governos têm feito em infraestrutura, principalmente para a chegada e escoamento da produção, e à negociação de demandas do setor, com destaque para o crédito do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços). “Se o governo cria condições, a indústria responde”, conclui.

Para o prefeito Luiz Caetano, a economia de Camaçari está em ascensão, com a chegada de novos empreendimentos e indústrias. “Quanto mais a cidade cresce, a indústria se fortalece, mais emprego é gerado, mais renda circula, melhor o povo vive”.

INVESTIMENTOS

A expansão do setor automobilístico na Bahia já era esperada. Há um ano, a Ford anunciou investimentos na ordem de R$ 2,5 bilhões para a modernização da planta de Camaçari, valor superior ao que foi investido na implantação da fábrica, em 2001, de R$ 1,5 bilhão.

Além do complexo Ford, que reúne dezenas de empresas vinculadas à produção automotiva, Camaçari vive um momento econômico importante, também com o crescimento do comércio e do setor de serviços.

De acordo com o secretário do Desenvolvimento Econômico do Município (Sedec), Hélio Côrtes, muitos empreendimentos estão se instalando ou se instalaram recentemente em Camaçari, como o centro de distribuição das Casas Bahia, Suggar, Precision (pré-moldados), Peroxy Bahia (peróxido de hidrogênio), Reistar Eletronics (CD, DVD e eletrônicos), Fortlev (tanques de água), Alívio Soldas (soldagem de tubulação), Sol Meliá, Hotel Hilton, entre outros.

 FUTURO

A avaliação do superintendente geral do Cofic sobre o futuro do pólo industrial de Camaçari, assim como da economia baiana, é bastante positiva.

De acordo com Mauro Pereira, os investimentos, tanto da indústria quanto dos governos, têm tudo para tornar a Bahia uma referência em crescimento econômico.

“O nosso maior desafio é em relação a questão cambial, a invasão que o país tem sofrido de produtos de todo o mundo, principalmente da China”.

O pólo, por exemplo, já ultrapassou a previsão feita em 2008 de que cresceria US$ 4,3 bilhões até 2013.

“Essa perspectiva de crescimento já foi superada. Os números são ainda mais promissores. Nós estamos finalizando as pesquisas, mas identificamos que o valor será muito mais elevado”, afirma Pereira.

Foto: Paulo Mocofaya

Complexo Ford contribuiu com o crescimento da Bahia -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 27 de novembro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 27 de novembro de 2021

Feira Multicultural e Ambiental é iniciada na Costa do município

Feira Multicultural e Ambiental é iniciada na Costa do município

Prefeitura investe em mais uma capacitação para os servidores

Prefeitura investe em mais uma capacitação para os servidores

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.