Camaçari é o primeiro a implantar Território de Paz

Iwwa Agência
Publicado 02/10/2009 04:10:18

Camaçari sai na frente e implanta o primeiro Território de Paz fora de uma capital estadual. O lançamento acontece na próxima quinta-feira (08/10), a partir das 7h, no Centro de Atendimento Integral à Criança e ao Adolescente (Caic), localizado no bairro Phoc II.

As atividades começam com um ato ecumênico, seguido, a partir das 9h, da apresentação das autoridades, fanfarras Estudantil de Camaçari (Fanesc), Estudantil de Parafuso (Fanesp) e Banda Municipal de Camaçari (Bamuca), além do grupo de capoeira e percussão da Casa da Criança e do Adolescente.

O território de Paz concentra, simultaneamente, diversos projetos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).

Em Camaçari, já funcionam o Mulheres da Paz, Protejo (Projeto de Proteção dos Jovens em Território Vulnerável), monitoramento eletrônico (com 18 novas câmeras de segurança, totalizando 40 em todo Município), mais o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), que funciona provisoriamente nas instalações da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes).

Nos próximos meses, a comunidade contará com o Programa de Esporte e Lazer na Cidade (Pelc). O projeto atende 800 pessoas, com aulas de vôlei, basquete, futsal, capoeira, dança, skate, oficinas de artesanato e festival de cinema.

Abisai da Luz Santos, 16 anos, é um dos 100 jovens beneficiados pelo Protejo. De segunda a sexta-feira, o estudante tem acesso a aulas de teatro, dança, música, artes e educomunicação. Além disso, recebe uma bolsa auxílio mensal no valor de R$ 100.

“Depois das atividades do Protejo vejo o mundo e as relações com as pessoas de uma forma mais humana. O dia-a-dia em conjunto e o espírito de equipe também são muito valorizados”, conta, ressaltando que o dinheiro da bolsa auxilia no pagamento das despesas domésticas e objetos de uso pessoal.

Segundo Maria Neci Ferreira da Silva, 51anos, participar do Mulheres da Paz fez lembrar de assuntos que há muito tempo não discutia. “Aqui falamos sobre direitos da mulher, idoso e crianças, informações que eu nem lembrava mais como funcionavam. Nos dias que não tem aula, fico em casa ansiosa”, revela a moradora do Phoc 3, que atualmente vive de pequenos bicos.

A relação de Fabiana Campos com a família e pessoas do convívio social mudou após a participação no Mulheres da Paz. “Hoje meu cotidiano com é baseado em mais respeito e atenção”, diz a moradora do Phoc 2.

Antes do lançamento do Território de Paz, Camaçari realiza um debate sobre segurança pública. De acordo com a Secretária do Desenvolvimento Social (Sedes), Jailce Andrade, o professor e consultor na área, Luiz Melhado fala sobre as experiências de sucesso na implantação do Observatório de Segurança. A palestra acontece nesta quarta-feira (07/10), às 9h, no auditório 2, da Cidade do Saber Professor Raymundo Pinheiro.

Foto:

Mais Notícias

Camaçari vai sediar XVIII Seminário da ACTEBA

Camaçari vai sediar XVIII Seminário da ACTEBA

Catadores de recicláveis são cadastrados para o Festival de Arembepe

Catadores de recicláveis são cadastrados para o Festival de Arembepe

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us