Camaçari amplia atenção a criança e adolescente

Iwwa Agência
Publicado 28/07/2009 09:07:22

A 7ª Conferência Municipal da Criança e do Adolescente, em Camaçari, reuniu poder público e sociedade civil para discutir e propor diretrizes da Política Nacional, com vistas à elaboração do Plano Decenal.

O evento começou nesta terça-feira (28/07) e segue até quinta-feira (30/07), na Cidade do Saber Professor Raymundo Pinheiro.

Após credenciamento dos participantes e apresentação do coral da Casa da Criança e do Adolescente de Camaçari, a defensora pública do Estado, Hélia Barbosa proferiu a palestra Construindo as Diretrizes para a Política e o Plano Decenal, tema da Conferência.

Segundo a defensora, a Conferência é uma oportunidade de a Prefeitura, órgãos judiciais e comunidade discutirem a ampliação da Rede de Proteção a Criança e ao Adolescente. “Camaçari tem atuado de forma integrada com diversos setores da sociedade. Aqui estão sendo desenvolvidos programas de capacitação para jovens e funcionado, de forma intensa, os trabalhos dos Conselhos Tutelares e sistemas de justiça”, diz Hélia Barbosa, que também é professora da Direito da Criança e do Adolescente de duas universidades particulares na capital baiana.

A jovem Crispiniana Bispo dos Santos, uma das componentes da mesa, falou sobre a contribuição dos programas assistenciais desenvolvidos no Município na vida pessoal. Membro do Programa Adolescente Aprendiz há sete meses, ela conta que teve a oportunidade de crescer profissionalmente.

“Antes de trabalhar no programa estava no PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil). Hoje me orgulho de ter aprendido uma profissão e ampliado meus conhecimentos. Se não fosse o programa não teria expectativa melhores de vida”, afirma Crispiniana.

Emocionado, o prefeito Luiz Caetano falou da ampliação da Rede de Atendimento a Infância e a Juventude do Município. “Centenas de crianças de Camaçari já têm acesso a saúde, educação, esporte e lazer. Quem visitar o Município e a Cidade do Saber pode comprovar isso”, assegura Luiz Caetano, anunciando ainda investimentos a serem feitos na emergência do Hospital Geral de Camaçari (HGC).

Uma outra novidade é a assinatura de convênio para implantação do Programa de Prevenção ao Uso de Drogas no Município. A cerimônia acontece amanhã(29/07). A proposta é atender jovens de 12 a 29 anos com cursos profissionalizantes e atividades sócio-educativas.

Defensora da Conferência, a professora Margarida França fez questão de marcar presença no evento. “Essa é uma oportunidade de acompanhar o que está sendo desenvolvido de políticas públicas para o setor. A discussão traz resultados positivos para quem trabalha com menores”, opina.

Em Camaçari, a Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente inclui atividades culturais, esportivas, educativas e de lazer aos menores, mais o acompanhamento das famílias.

Funcionam o PETI, Adolescente Aprendiz, Casa da Criança e do Adolescente, Agente Jovem, Cidadania nas Ruas, Sentinela, CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), CREAS (Centro de Referência Especializada da Assistência Social), além da Coordenação de Segurança Alimentar, que garante a complementação nutricional para diversos menores.

CONFERÊNCIA
O primeiro dia do evento foi seguido por uma assembléia para aprovação do Regimento da Conferencia. A Bamuquinha, grupo mirim da Banda Municipal de Camaçari (Bamuca), encerrou a programação.

Quarta-feira (29/07), os participantes se dividem em grupos temáticos para discussão dos cinco eixos que norteiam a Conferência, que são Promoção e Universalização dos Direitos em um Contexto de Desigualdades, Proteção e Defesa no Enfrentamento das Violações de Direito Humano de Crianças e Adolescentes, Fortalecimento do Sistema de Garantia de Direitos, Participação de Criança e Adolescente em Espaços de Construção da Cidadania, e Gestão da Política.

No último dia (30/07), acontece a eleição dos oito delegados que irão representar Camaçari na Conferência Estadual da Criança e do Adolescente, realizada entre os dias 5 e 9 de outubro, em Salvador.

Os representantes municipais compõem o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, conselho tutelar, sistema de justiça, entidades governamentais, um adolescente, entidades não-governamentais e representantes do Conselho Setorial (que pode ser da saúde, educação e assistência social).

Também está previsto lançamento do livro Viva Maria, viva João – Construindo Estratégias para o Enfrentamento da Violência Sexual contra Criança e Adolescente. A obra é de autoria do Cedeca (Centro de Defesa da Criança e do Adolescente).

Slideshow | 2 fotos

Camaçari amplia atenção a criança e adolescente

Mais Notícias

Elinaldo participa de cerimônia de entrega de duas escolas estaduais em Camaçari

Elinaldo participa de cerimônia de entrega de duas escolas estaduai...

Arembepe recebe GTs para construção do Plano Municipal de Cultura

Arembepe recebe GTs para construção do Plano Municipal de Cultura

Gestora da Seinfra recebe moradores de Barra do Jacuípe

Gestora da Seinfra recebe moradores de Barra do Jacuípe

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.