Blitze inibe prática de crime ambiental

ASCOM BOT
Publicado 05/08/2011 05:08:56

Embora a fiscalização seja de responsabilidade do governo federal, através do DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral), a Prefeitura de Camaçari tem intensificado as ações no combate à extração ilegal de areia no Município. A ação inclui parceria com o Ministério Público do Estado, polícias Civil e Militar.

Constantes blitze são realizadas pela Sedur (Secretaria do Desenvolvimento Urbano) do Município, através da Coordenação de Fiscalização e Uso do Solo, no intuito de coibir a exploração ilegal de recursos minerais como areia, argila e caulim. Na última operação foram apreendidas 28 caçambas com produtos extraídos de forma irregular.

No intuito de sanar os problemas com a extração ilegal no Município, a Sedur contactou os órgãos federais competentes, a exemplo do MPF (Ministério Público Federal), DNPM e da PF (Polícia Federal), solicitando auxílio nas operações, uma vez que as ações põem em risco a vida dos servidores da Prefeitura e não são de competência municipal.

A extração ilegal de minerais traz inúmeros prejuízos ao Estado e a União, visto que não há o recolhimento de tributos, e ao Município, com a degradação ambiental e das vias públicas, por conta do excesso de peso das cargas transportadas.

Foto: Nelinho Oliveira

Última operação apreendeu 28 caçambas de areia -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 21 de Janeiro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 21 de Janeiro de 2021

Sedap dinamiza feiras itinerantes

Sedap dinamiza feiras itinerantes

Decreto prorroga medidas preventivas à Covid-19 até o dia 19 de fevereiro

Decreto prorroga medidas preventivas à Covid-19 até o dia 19 de fev...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.