Audiência discute expansão do Mulheres da Paz

Iwwa Agência
Publicado 07/05/2010 03:05:48

Discutir a possibilidades de expansão e melhorias do programa Mulheres da Paz e a integração da Polícia Militar no projeto foram os principais assuntos abordados na audiência pública realizada na Câmara de Camaçari, na noite de quinta-feira (06/05).

O projeto faz parte das ações do Pronasci e aposta no papel de liderança das mulheres nas comunidades, com foco na prevenção e enfrentamento de violência e defesa dos direitos humanos.

A proposta da audiência, requerida pelo vereador Oto da Farmácia, foi a ampliação das discussões sobre a necessidade de uma maior aproximação das mulheres do programa com a rede pública.

De acordo com a secretária Jailce Andrade, as mulheres pleiteiam o reconhecimento como interlocutoras da comunidade e o acesso da população aos serviços oferecidos pela rede pública nas áreas da saúde, educação e segurança.

Para ela, a principal dificuldade das líderes é não conseguir dar encaminhamento adequado às demandas colhidas na comunidade. Diante disso, a proposta apresentada foi a criação de um calendário para realização de oficinas, que explicarão os serviços de cada secretaria.

“As Mulheres da Paz são mediadoras de conflitos e representam um papel fundamental nas comunidades em que vivem. Precisamos ampliar ainda e oferecer maiores possibilidades”, afirmou o coordenador do projeto no Estado, Carlos Silveira.

O comandante do 12º batalhão da PM, Ivanildo Castro, apresentou o modelo diferenciado de segurança nas comunidades e a filosofia de parceria entre o Mulheres da Paz e a polícia. Comemorou também a diminuição dos índices de violência nas comunidades. “As mulheres e toda a comunidade podem contar com total parceria da Polícia Militar no processo. Estamos evoluindo nas ações de combate à criminalidade”.

Para o representante do terreiro Ilê axé babá Omi, do Phoc 1, Pai Cosme, a diminuição da violência do Município é reflexo das ações do projeto Mulheres da Paz. “No Phoc 1, foi notório a diminuição da violência, após a implementação do programa. Precisamos expandir o projeto para todos os bairros”.

PRESENÇAS
Marcaram presença na audiência pública, além da presidente da Câmara, Luiza Maia, a secretária do Desenvolvimento Social, Jailce Andrade, a delegada Titular da Delegacia Especial da Mulher (Deam), Tais Siqueira, a coordenadora municipal do Pronasci, Selmária Matos, os vereadores Marcelino, Alfredo, Bispo Jair, Zé de Elísio, Jorge Curvelo, Paulinho do Som e Oto da Farmácia.

Foto: Agnaldo Silva

Comandante do 12º Batalhão da PM participa da audiência -

Mais Notícias

Sefaz apresenta resultados do 2º quadrimestre e projeta crescimento

Sefaz apresenta resultados do 2º quadrimestre e projeta crescimento

STT realiza ação de encerramento do Setembro Amarelo

STT realiza ação de encerramento do Setembro Amarelo

Camaçari e o potencial turístico – a história de Jucy Andrade

Camaçari e o potencial turístico – a história de Jucy Andrade

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us