Atores de Camaçari estudam teatro na Europa

Iwwa Agência
Publicado 17/09/2009 03:09:58

Graças aos investimentos no setor cultural, Camaçari tem hoje dois jovens no elenco da Companhia de Teatro de Braga (CTB), em Portugal. Tâmara Thaís Amaral Silva, 20 anos, e Alex Miranda, 26, foram os únicos representantes do Estado contratados pela entidade.

A seleção aconteceu durante a oficina de teatro do clássico grego Bacantes: uma orgia do poder, ministrada pelo diretor português Rui Madeira. A atividade, que integra a Oficina para Escolha de Atores, Intercâmbio Brasil – Portugal, destacou artistas para um estágio de formação de seis meses junto à Companhia.

Ex-alunos do projeto municipal A Caminho da Ternura e do Bando de Teatro Resistência de Camaçari, a dupla foi selecionada por representantes do Município e da CTB. A disputa aconteceu na Casa da Criança e do Adolescente, onde participaram 23 candidatos.

As despesas com alimentação dos artistas são custeadas pela Prefeitura de Camaçari. A Companhia de Teatro de Braga está sediada no Theatro Circo, um dos grandes teatros de Portugal e referência no meio artístico.

INVESTIMENTOS
A política cultural de valorização dos artistas locais e de investimentos em novos talentos fez de Camaçari uma cidade mais dinâmica. Nesta semana, a Secretaria Municipal da Cultura encaminhou para Câmara de Vereadores, projeto que cria o Conselho da Cultura. Implantado, será possível o financiamento de iniciativas oriundas da sociedade civil.

Recentemente, o Ministério da Cultura incluiu a Chegança Feminina de Arembepe, e Mandú, de Monte Gordo nos grupos de cultura popular do Governo Federal. O prêmio, no valor de R$ 10 mil, servirá para o reaparelhamento da equipe e capacitação dos componentes.

Sem falar no projeto Palco da Cidade, implantado por meio de parceria entre a Secretaria da Cultura e Cidade do Saber, com o objetivo é revelar talentos nas mais diversas áreas culturais.

Do teatro da Cidade do Saber, segundo maior do Estado, também saíram importantes nomes para o cenário artístico nacional e internacional, a exemplo de Roges Doglas Leal da Conceição, 19, e Rosângela da Silva Santos, 27 aprovados para compor o quadro da Escola de Dança da Fundação Cultura da Bahia (Funceb).

Roges e Rosângela faziam parte do curso de dança moderna do complexo. “Se não tivesse a oportunidade de iniciar os estudos na Cidade do Saber as portas jamais teriam se aberto”, diz Roges Doglas.

Foto: Nelinho Oliveira

Curso da Cidade do Saber é um dos mais procurados -

Mais Notícias

Moradores do Condomínio Sabiás concluem curso de elétrica nesta quinta (20)

Moradores do Condomínio Sabiás concluem curso de elétrica nesta qui...

90 gestores participam de formação de utilização do Google Workspace

90 gestores participam de formação de utilização do Google Workspace

Com e-SUS indisponível Boletim Epidemiológico desta quinta (20) não será divulgado

Com e-SUS indisponível Boletim Epidemiológico desta quinta (20) não...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.