Atividades começam nesta sexta-feira

Iwwa Agência
Publicado 14/11/2012 05:11:27

Em alusão ao Dia da Consciência Negra, celebrado no dia 20 de novembro, a Prefeitura, através da Secin (Secretaria da Cidadania e Inclusão), promove diversas atividades através do projeto Novembro Negro. 

A programação será aberta sexta-feira (16/11), com uma rodada de palestras e debates, a partir das 14h, no Teatro Alberto Martins. A entrada é gratuita.

Na oportunidade, os participantes irão assistir as palestras As Cotas e Suas Consequências e Políticas Públicas para as Comunidades Quilombolas, ministradas respectivamente por Valdir Estrela, integrante da Unegro (União de Negros pela Igualdade) e pela historiadora Verônica Nairóbi, da Fundação Cultural Palmares. Em seguida, haverá uma apresentação artística e cultural do grupo de Camaçari, Ala Ketu

No dia seguinte (17/11), às 17h, está prevista a realização de uma aula show também no teatro e aberta ao público em geral.  Com o tema Negro, a raiz da liberdade, a aula será apresentada pelo grupo político-cultural de Camaçari, Candeeiro Urbano. O evento irá discutir, de forma lúdica, a importância da autoafirmação do negro na sociedade contemporânea, além de fazer uma reflexão sobre a contribuição dos negros para a construção da igualdade racial no Brasil.

O projeto Novembro Negro é realizado no Município há oito anos e tem por finalidade debater o processo de continuidade de políticas públicas direcionadas à população negra de Camaçari.

As atividades são realizadas através da parceria entre a Secin e a Seduc (Secretaria Municipal da Educação) e conta com o apoio do Coletivo de Desenvolvimento da Comunidade Negra Camaçariense.

O Coletivo é formado pela Anneb/Bahia (Aliança de Negras e Negros Evangélicos do Brasil/Bahia), ANEC (Associação dos Negros Evangélicos de Camaçari), Associação Beneficente Senhora Santana Quilombo de Cordoaria, Candeeiro Urbano, Cojuv (Coordenadoria Municipal de Juventude), CEN (Coletivo de Entidades Negras), Fenacab (Federação Nacional do Culto Afro Brasileiro), MNU (Movimento Negro Unificado), Unegro (União de Negros pela Igualdade), Rede Kodia, GGC (Grupo Gay de Camaçari), Zimbabwe, O Omô Izô, CUT (Central Única dos Trabalhadores) e CTB (Central dos Trabalhadores de Brasil).

 

Foto: Wendell Wagner

Novembro Negro acontece no Teatro Alberto Martins -

Mais Notícias

Sedes promove tarde de circo para idosos do Conviver neste sábado (28)

Sedes promove tarde de circo para idosos do Conviver neste sábado (28)

Campanha São João de Prêmios Camaçari 2022 é lançada

Campanha São João de Prêmios Camaçari 2022 é lançada

Sobe para três o número de óbitos suspeitos por dengue hemorrágica em Camaçari

Sobe para três o número de óbitos suspeitos por dengue hemorrágica ...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.