Animais abandonados serão recolhidos pelo CCZ

ASCOM BOT
Publicado 03/09/2008 11:09:06

O abandono de animais domésticos causa riscos à população. A permanência deles nas ruas pode transmitir doenças, a exemplo da raiva, sarna e leishmaniose. Ainda podem ocorrer acidentes, como mordidas ou arranhões. Preocupados em garantir a saúde pública municipal, técnicos do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) estão recolhendo cães e gatos das ruas de Camaçari.

Os animais ficam alojados na unidade e posteriormente são encaminhados para adoção. A ação será intensificada nos bairros da Gleba E, Centro e Phocs 1, 2 e 3, onde existem maior incidência de abandono.

No intuito de reduzir a presença de cães e gatos nas ruas, a CCZ também tem buscado parcerias com organizações não-governamentais (Ongs) para tratamento e adoção.

O coordenador do Centro de Controle de Zoonoses, Marcos Nogueira, apela à população para não abandonar os animais. “A maioria é abandonada pelo proprietário, que por algum motivo resolveu se desfazer do bicho. É preciso que a comunidade entenda que criar um animal é algo para toda vida e de responsabilidade do dono, não do poder público”.

Os interessados em adotar um animal de rua podem entrar em contato com o CCZ, através do telefone 3634-5743. O trabalho será realizado por tempo indeterminado na sede, orla e zona rural de Camaçari.

VACINAÇÃO
Nos próximos 15 dias, o CCZ realiza a segunda etapa da campanha de vacinação contra a raiva. A meta é vacinar 25 mil cães e 5 mil gatos em todo Município. Para intensificar a cobertura, a unidade realiza plantões todas as sextas-feiras, das 8h às 17h, nos postos da Piaçaveira, glebas B e E, Nova Aliança, Parafuso, Nova Vitória, Gravatá e Novo Horizonte.

O dono do animal também pode agendar a visita dos agentes através dos telefones (71) 3634-5743. Em caso de suspeita de raiva, o criador deve entrar em contato com o Centro de Controle de Zoonozes.

Segundo dados do CCZ, Camaçari não registra casos da doença desde o primeiro trimestre de 2005. Na primeira etapa da campanha, realizada de abril a junho, foram vacinados mais de 30 mil cães e 11 mil gatos.

Foto: Nelinho Oliveira

Animais soltos serão levados para o Centro de Zoonoses -

Mais Notícias

Nota de Pesar

Nota de Pesar

Falta de energia afeta atendimento da Defesa Civil pelo 199

Falta de energia afeta atendimento da Defesa Civil pelo 199

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 21 de Janeiro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 21 de Janeiro de 2021

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.