Adiada Conferência de Economia Solidária

Iwwa Agência
Publicado 15/04/2010 04:04:26

A 2ª Conferência Metropolitana de Economia Solidária, que seria realizada nesta sexta-feira (16/04) e sábado (17/04), foi adiada. A expectativa é que o evento aconteça até o dia 23 deste mês. A nova data está condicionada à forte chuva que acomete a cidade desde a semana passada.

O objetivo do encontro é discutir políticas públicas para o setor. Além de Camaçari, participam os municípios de Lauro de Freitas, Simões Filho, Salvador, Candeias, Dias d´Ávila, Vera Cruz, São Francisco do Conde, Itaparica, Madre de Deus, Mata de São João, São Sebastião do Passé e Pojuca.

As propostas serão sistematizadas e encaminhadas através de relatórios para a etapa estadual, prevista para o próximo mês, em Salvador, e nacional, marcada para acontecer de 16 a 18 de junho, na capital do país.

As discussões serão norteadas por três eixos temáticos, que serão coordenados por especialistas dos temas. O público alvo são os empreendedores, gestores públicos e assessorias dos grupos.

O primeiro tema discute os avanços, limites e desafios da economia solidária no atual contexto socioeconômico, político, cultural e ambiental nacional e internacional.

O direito a formas de organização econômica baseada no trabalho associado, na propriedade coletiva, na cooperação, na autogestão, na sustentabilidade e na solidariedade como modelo de desenvolvimento é o foco do segundo eixo. O terceiro eixo trata sobre a organização do sistema nacional de economia solidária.

A 2ª Conferência Metropolitana de Economia Solidária é resultado da parceria entre a Prefeitura de Camaçari e o governo do Estado, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedes) e Secretaria do Trabalho, Emprego e Renda do Estado (Setre).

ECONOMIA SOLIDÁRIA
Atualmente, existem 350 grupos de economia solidária em Camaçari. As demandas da categoria são discutidas pelo Fórum Municipal, que se reúne quinzenalmente. A entidade é formada pelo poder público, beneficiados e Organizações Não-Governamentais (Ong´s), que dão suporte aos trabalhos.

Os produtos são comercializados através de feiras na praça Desembargador Monte Negro, centro da cidade, além de Guarajuba e no Centro de Comercialização de Arembepe.

Foto:

Mais Notícias

Centro Cultural Barra do Pojuca oferta oficinas de verão

Centro Cultural Barra do Pojuca oferta oficinas de verão

Secult realiza orientação cultural sobre o edital Oficineiros

Secult realiza orientação cultural sobre o edital Oficineiros

Sefaz publica calendário fiscal para 2023 com novidade para desconto no IPTU

Sefaz publica calendário fiscal para 2023 com novidade para descont...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us