Acontece a 4ª reunião ampliada do 1º Fórum PCD de Camaçari

ASCOM
Publicado 31/08/2021 05:08:36

Com o objetivo de mobilizar o município em torno do 1º Fórum da Pessoa com Deficiência (PCD), que acontece dia 3 de dezembro, o Grupo de Trabalho Coordenador (GTC) da 7ª Edição do Programa Prefeito Amigo da Criança (PPAC) realizou sua 4ª reunião ampliada na tarde desta terça-feira (31/8). Em parceria com a Comissão em Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção Camaçari, o GTC amplia o escopo do evento, que discutirá além de questões atinentes à criança e ao adolescente, necessidades dessa população também em idade adulta.

Janete Ferreira, articuladora da 7ª edição do PPAC, e coordenadora do grupo de trabalho do Plano Municipal para a Infância e Adolescência (PMIA), explica que a questão do PCD transversaliza o PMIA. Ao ser formulado o Plano, a comissão PCD da OAB foi uma parceria fundamental em sua concretização. “Desde quando nos propomos a realizar debates importantes, abre-se o diálogo e a tendência é de um envolvimento crescente de diversos agentes da sociedade. Tem toda uma gestão querendo fazer melhor por essa cidade. O prefeito Elinaldo quer deixar o seu legado, fazendo com que os direitos desse público sejam garantidos, e isso só é possível em diálogo com a rede, promovendo a participação de todos”, explicou. Segundo Janete, estima-se que a população PCD de Camaçari atualmente seja de 40 mil pessoas.

Andrea Gama, presidente da Comissão da OAB- Camaçari, esclarece que o objetivo do Fórum é mobilizar a população como um todo para a questão da pessoa com deficiência. “A gente pensa em conscientizar o maior número de pessoas, e com essa articulação com a prefeitura, por meio do PMIA, ele dá maior visibilidade, pois ele conscientiza não só as pessoas envolvidas, mas a população em geral”, destacou.

Em todas as reuniões de organização do Fórum há a participação de PCD’s ou de órgãos que os representam, de modo a envolvê-los diretamente na organização. Além disso, é garantida a presença de tradutor em libras nas reuniões. O propósito é fazer do evento um espaço potencializador desde a sua organização. Alisson Fernando, participando pela primeira vez do encontro, reconheceu a relevância de sua presença na reunião. “Pra mim é muito importante essa reunião pro Fórum aqui, porque a gente discute várias coisas pra nossa sociedade”, afirmou o designer, voluntário do projeto Oxente em Salvador, que também é praticante de mergulho adaptado e também de paraquedismo.

Mais Notícias

Vacinação contra Covid segue nesta quinta (28) com antecipação de doses

Vacinação contra Covid segue nesta quinta (28) com antecipação de d...

Curso prepara ambulantes e baianas de acarajé para o verão

Curso prepara ambulantes e baianas de acarajé para o verão

Membros do Conselho Gestor do Fundo de Habitação de Interesse Social tomam posse

Membros do Conselho Gestor do Fundo de Habitação de Interesse Socia...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.