Ação reforça combate à tuberculose

Iwwa Agência
Publicado 23/03/2012 01:03:00

Cerca de 150 pessoas participaram da caminhada em alusão ao Dia Mundial de Combate à Tuberculose, a ser comemorado neste sábado (24/03). A ação, realizada nesta sexta-feira (23/03) pela Sesau (Secretaria Municipal da Saúde), teve início às 8h30, com partida da Biblioteca Jorge Amado, na avenida 28 de Setembro (antiga Radial A), até a praça Desembargador Montenegro.

Com o slogan Tuberculose: Conhecer para controlar, o grupo de trabalho de Camaçari percorreu as ruas da cidade com carro de som, faixas e cartazes, alertando a população para os riscos da doença, os sintomas e o tratamento disponível na rede municipal de saúde.     

No final do percurso foi oferecido um lanche para as pessoas que participaram da caminhada. Em seguida, foram realizadas diversas atividades culturais e educativas. O repentista Bule-bule e o grupo de teatro de fantoches da Unidade de Saúde da Família (USF) do bairro Nova Vitória fizeram apresentações sobre o tema.

Durante a mobilização, a equipe da Saúde tirou dúvidas da população, distribuiu material informativo sobre a tuberculose, além de oferecer o teste rápido do HIV. As pessoas que apresentaram sintomas da tuberculose, como tosse consecutiva por mais de três semanas, receberam atendimento especializado.  

A agente comunitária de Saúde, Rita de Cássia, fez questão de levar as filhas para participar e se envolver na ação educativa. “A iniciativa é importante para conscientizar e alertar a sociedade sobre os sintomas da doença, que muitas vezes passam despercebidos”.   

De acordo com a responsável pela área técnica do Programa Municipal de Controle da Tuberculose, Ana Iara, toda a rede de saúde do Município está preparada para fazer o atendimento. “Quase 90% dos casos são atendidos na rede básica, como as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e USFs”, informa.

Os casos que tiverem outras doenças associadas, como diabetes, hipertensão, problemas cardíacos e HIV, são tratados na Referência Secundária da Policlínica do Centro. Os pacientes co-infectados pela tuberculose e o HIV recebem atendimento no CRES (Centro de Referência Especializada em Saúde).

A rede de saúde do Município possui ainda atendimento médico especializado com infectologista e pneumologista na Policlínica do Centro e pneumologia pediátrica no ambulatório do HGC (Hospital Geral de Camaçari). 

Slideshow | 3 fotos

Ação reforça combate à tuberculose

Mais Notícias

Parceria entre Secult e Sedap é discutida em reunião

Parceria entre Secult e Sedap é discutida em reunião

Contas do 2º quadrimestre de 2021 da Seduc são apresentadas em audiência pública

Contas do 2º quadrimestre de 2021 da Seduc são apresentadas em audi...

Sejuv abre inscrições para formação técnica de educadores físicos

Sejuv abre inscrições para formação técnica de educadores físicos

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.