Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes é tema de encontro promovido pela Sedes

ASCOM
Publicado 18/05/2022 04:05:34

A necessidade de conscientização sobre a importância da denúncia no combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes foi discutida durante o encontro Solte o Grito, Não Se Cale, Denuncie!, promovido pela Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes), nesta quarta-feira (18/5), na Casa da Criança e do Adolescente de Camaçari.

A iniciativa faz parte da Campanha Faça Bonito, alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e foi realizada através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). A titular da Sedes, Reni Oliveira, falou sobre a importância de sensibilizar a sociedade sobre o assunto. “A data de hoje é muito significativa e lembra que essa questão é uma responsabilidade de todos nós. E estamos comprometidos não só no combate diário, mas também na missão de conscientizar as pessoas de que elas também possuem um papel fundamental na proteção das vítimas, quando elas rompem as barreiras e fazem a denúncia”, falou.

Presente no encontro, a coordenadora do Grupo de Trabalho Coordenador (GTC) da 7ª edição do Programa Prefeito Amigo da Criança (PPAC), Janete Ferreira, disse que o programa tem participando de todas as iniciativas promovidas pela rede de proteção, além de ajudar nas articulações e fomentar novas atividades. “Nós temos um calendário com uma programação vasta, estamos sempre presente nesses eventos, contribuindo nas discussões e temos a certeza de que uma rede integrada é muito mais forte”, disse.

O defensor público, Marcus Cavalcanti, destacou a relevância da iniciativa. “Esse encontro é muito importante para Camaçari, que é uma cidade historicamente marcada por violências, então utilizar essa data, que é um marco, para falar de combate à violência contra crianças e adolescentes é muito relevante”, ressaltou.

A coordenadora de Estudos e Projetos do Ministério Público (MP-BA), Sara Oliveira, foi uma das palestrantes e abordou as principais diferenças entre abuso e exploração sexual.“ É muito importante que a rede e a população saibam identificar essas duas formas de violência sexual e saber tipificar, porque o abuso e a exploração são violências diferentes”, disse.

O encontro foi realizado durante todo o dia. Além das palestras e rodas de conversa relacionadas à temática principal, os participantes também realizaram o plantio de mudas da planta pingo de ouro, em um espaço que se tornará um jardim alusivo à campanha Faça Bonito.

Também participaram do evento o secretário de Relações Institucionais, José Matos, a subsecretária de Governo, Ilay Ellery, a subsecretária da Mulher, Bella Batista, além de representantes da Secretaria da Educação (Seduc), do Juizado da Infância e da Juventude, Conselho Tutelar e dos diversos órgãos e entidades que integram a rede de proteção do município.

Mais Notícias

Camaçari é 3ª cidade da Bahia em ranking do Tesouro Nacional

Camaçari é 3ª cidade da Bahia em ranking do Tesouro Nacional

Servidores da Secult participam de capacitação entre 5 e 8 de julho

Servidores da Secult participam de capacitação entre 5 e 8 de julho

Controlador-Geral comenta aprovação das contas municipais pelo TCM

Controlador-Geral comenta aprovação das contas municipais pelo TCM

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.

AFFPAY AFFPAY Signup AFFPAY Loginp AFFPAY Affiliates Terms AFFPAY Advertisers Terms AFFPAY Privacy Policy AFFPAY FAQ AFFPAY Contact us