Vacinação é iniciada para grupo prioritário da 1ª fase

ASCOM
Publicado 20/01/2021 02:01:10

Na manhã desta quarta-feira (20/1), foi realizado o início da vacinação contra a Covid-19 nos locais de trabalho dos profissionais de saúde da linha de frente de atendimento à população e em instituições de longa permanência para idosos. A atividade foi iniciada pela Unidade de Pronto Atendimento 24h Pediátrica e seguiu por mais 11 pontos, como a base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) da sede.

O secretário da Saúde, Elias Natan, falou sobre o período de realização da vacinação, “temos a expectativa, que com essas 2.040 doses, que o município recebeu, dentro desse público-alvo da fase 1, que em 15 dias estejamos concluindo a administração dessa primeira dose. Ficamos agora na dependência do recebimento de mais vacina para que possamos completar o público dessa primeira fase”.

Muito emocionada, a primeira vacinada contra a Covid-19 na base do SAMU foi a médica, com 18 anos de atuação na unidade, Ocridalina Virgens, 66 anos, que falou sobre o sentimento do momento. “É como se fosse uma liberdade, você ver que nós aprendemos a valorizar coisas simples, um abraço, um beijo, uma visita a um amigo, um fim de semana com os colegas, que fomos privados disso por um inimigo invisível ao olho nu. Espero que a humanidade tenha aprendido a ser um pouco melhor”.

A vacinação é realizada em sistemas de urgência público e privado de Camaçari. As equipes circulam em seis roteiros, durante toda a semana até a finalização do público-alvo, os locais são: Hapvida, Clínica Santa Helena, UPA’s Pediátrica, Gleba A/Gravatá e Arembepe, Hospital Geral de Camaçari (HGC), nos prontos atendimentos de Vila de Abrantes e Monte Gordo, e SAMU e instituições de longa permanência para idosos, os dois últimos da sede e costa.

A técnica de enfermagem, Tânia Melo Dantas, 56 anos, que fez a primeira aplicação da vacinação durante a coletiva de imprensa realizada na última terça-feira (19/1) também está no público vacinado e continua o trabalho de levar esperança. “Estou desde o começo, com os testes, é minha rotina. Agora, a sensação é única porque foi a primeira que vacinei e me sinto gratificada”.

Para o enfermeiro do SAMU, Benedito Fernandes, 40 anos, a sensação era de “felicidade, a expectativa era grande porque desde o início da pandemia a gente está nessa linha de frente. O medo de adoecer, o medo de transmitir a doença para outras pessoas, e agora a gente se sente protegido para continuar na luta, porque a Covid não acabou”.

PLANO DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

Elaborado pela Prefeitura de Camaçari, por intermédio da Secretaria da Saúde (Sesau), o esquema tem como meta estabelecer as ações e estratégias para a operacionalização da vacinação no município. Entre as estratégias previstas estão: a vacinação por etapas, priorizando grupos específicos a cada fase, de acordo com critérios de risco e vulnerabilidade; e a centralização do local de vacinação.

As doses serão aplicadas a grupos prioritários, em quatro fases de vacinação, totalizando 48.657 pessoas vacinadas. A primeira fase ainda contempla os demais profissionais de saúde, idosos acima de 75 anos e quilombolas. Na segunda fase, serão vacinadas pessoas de 60 a 74 anos. Na terceira, pessoas em situação de rua, com deficiência e portadores de comorbidades. Na quarta e última fase, forças de segurança e salvamento, funcionário do sistema de privação de liberdade, trabalhadores educacionais, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo, rodoviário e metroferroviário de passageiros, e população privada de liberdade.

Camaçari prevê duas unidades centrais que funcionarão provisoriamente na Unidade de Saúde da Família (USF) do Ponto Certo, na sede, e a outra na USF de Barra do Jacuípe, na costa, que posteriormente serão substituídas por fixas, instaladas no antigo Centro Especializado em Reabilitação (CER), na sede, e em Barra do Jacuípe, na atual sede do Distrito Sanitário. O funcionamento dos centros acontecerá todos os dias da semana inclusive aos domingos e feriados, das 8h às 17h. Serão, no total, entre sede e costa, 10 salas de vacinação, podendo ser ampliada conforme a necessidade. Os insumos, como seringas, agulhas e demais materiais já estão garantidos e em quantidade suficiente para atender a demanda.

Mais Notícias

Sedes estimula doação de sangue para reforçar estoque do Hemoba

Sedes estimula doação de sangue para reforçar estoque do Hemoba

Reunião discute parâmetros para retomada das aulas presenciais

Reunião discute parâmetros para retomada das aulas presenciais

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 17 de maio de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 17 de maio de 2021

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.