Evento exalta a cultura afro-brasileira no Dia da Consciência Negra

ASCOM
Publicado 14/11/2018 12:11:14

No Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado neste 20 de novembro, a Secretaria da Cultura (Secult) promove o show Aldeia, com o Cantor Paulo Carrilho & Cavaleiros de Aruanda, que vai acontecer às 20h, no Teatro Cidade do Saber. A entrada é gratuita e os ingressos serão disponibilizados nesta terça-feira, dia do evento, na bilheteria da instituição, a partir das 14h, sendo um por pessoa. A iniciativa integra a programação do Novembro Negro em Camaçari, que em 2018 traz o tema Resistência e Luta.

O repertório será composto por canções da música popular brasileira e faz referência às raízes ancestrais como forma de preservar a cultura afro-brasileira. O espetáculo promete um resgate à cultura popular, misturando música, canto, dança, teatro e literatura. A apresentação faz ainda uma alusão a um Nordeste que mantém sua herança oral e corporal. O show demonstra saberes, fazeres e artes produzidas por um Brasil rico de arte e pluralidade.  O Aldeia tem direção artística e coreografia de Anderson Hassys de L’Oyá, direção musical de Nino Bessa e Companhia de Dança Alaketu.

O Novembro Negro conta com ações diversas e segue até o dia 27. Além do show Aldeia, que acontece nesta terça-feira (20/11), a população conta com a seguinte programação:

 

21 de novembro, às 9h

Roda de conversa inter-religiosa

Tema: Somos muitos, mas somos iguais. É preciso conhecer e respeitar!

Local: Teatro Alberto Martins

 

22 de novembro, às 9h

Atividade no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Caminho do Mar

Tema: Valorização e autoestima da Mulher Negra

 

24 de novembro, às 14h

Sarau na Orla

Tema: Resistência e Luta através das artes!

Local: Praça das Amendoeiras, em Arembepe

 

26 de novembro, às 9h

Atividade do CRAS do Phoc

Tema: Valorização, autoestima, da mulher negra e construção da identidade negra

Local: Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), no Phoc III

 

27 de novembro, às 13h

Atividade do CRAS de Vila de Abrantes

Tema: Valorização, autoestima da mulher negra e construção da identidade negra

Local: Escola Municipal a ser definida

Foto: Reprodução

O repertório será composto por canções da música popular brasileira e faz referência às raízes ancestrais - Foto: Reprodução

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 25 de fevereiro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 25 de fevereiro de 2021

Sesp altera funcionamento do Centro Comercial e de atividades da pasta

Sesp altera funcionamento do Centro Comercial e de atividades da pasta

Setores da prefeitura tem atendimento ao público modificado

Setores da prefeitura tem atendimento ao público modificado

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.