Seguranças reforçam acessos ao Centro Comercial

ASCOM BOT
Publicado 09/12/2008 07:12:09

Os 16 acessos ao Centro Comercial de Camaçari estão com a segurança reforçada. A intenção de colocar um agente em cada portão de acesso é reduzir a violência e coibir atos ilícitos no mercado.

Para intensificar a ação, rondas serão executadas diariamente, em toda área interna, em especial a praça de alimentação.

A medida faz parte do plano de ação definido semana passada, durante reunião entre a Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), a administração do Centro Comercial, a 18ª Delegacia de Polícia Civil, 12º Batalhão da PM, e representantes do Conselho Tutelar, Juizado de Menores, sindicato dos feirantes e a empresa particular de vigilância do local.

O reforço policial chega em um bom momento, pois as festas de final de ano aumentam em 40% as vendas no Centro Comercial. Atualmente, a feira conta com um sistema integrado de segurança, formado por 26 câmeras de segurança, posto de Juizados de Menores, módulo da Polícia Militar, além de fiscais do próprio centro e seguranças de empresa privada. Com a iniciativa, 63 pessoas garantem a segurança do local.

De acordo com o administrador do mercado, Antônio Bittencourt, nunca se reforçou tanto um esquema de segurança, com ações práticas, como agora. “O centro comercial continua sendo a melhor opção de compra do Município”.

REUNIÃO
Três indivíduos portando drogas foram detidos no Centro Comercial desde a data da reunião, no dia 2 passado. O plano de combate à violência é uma ação conjunta e envolve diversos órgãos públicos do Município. A medida reforça a segurança do local e deixam as pessoas mais tranquilas para fazerem suas compras.

A próxima reunião está prevista para o dia 16, às 10h, na administração da feira e devem acontecer quinzenalmente. Está na pauta do encontro, a implantação de uma portaria que regulamente o funcionamento de bares e restaurantes e a possível criação de um conselho de segurança.

O aumento do efetivo da Polícia Militar, que passou de quatro para 13 homens, e as blitze durante os finais da tarde são algumas das medidas que garantem o sucesso do plano de combate à violência na feira.

A força tarefa é formada também pela Polícia Civil, responsável pelas investigações das ocorrências registradas no local, assim como pelo Juizado de Menores e Conselho Tutelar, responsáveis pela conscientização dos comerciantes e o uso de bebidas alcóolicas para menores.

Foto: Carol Garcia

Festas de final de ano aumentam movimento em 40% -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 1º de março de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 1º de março de 2021

Camaçari fecha 2020 com superávit de R$ 61 Milhões

Camaçari fecha 2020 com superávit de R$ 61 Milhões

Secult oferta atendimento para comunidades da costa e zona rural

Secult oferta atendimento para comunidades da costa e zona rural

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.