Seduc formaliza adesão ao Programa Educar pra Valer

ASCOM
ASCOM
Publicado 11/02/2019 04:02:12

Agora está formalizada a parceria entre a Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria da Educação (Seduc), com a Associação Bem Comum e a Fundação Lemann. O ato de assinatura do contrato aconteceu na quinta-feira (7/2), em Sobral, no Ceará, durante o II Seminário Educar Pra Valer, nome que intitula o programa que Camaçari foi selecionada para participar e por meio do qual o município tem assegurada assessoria técnica gratuita para implementação de boas práticas de gestão, com o propósito de melhorar o rendimento e desempenho dos alunos.

O programa tem como base os bons resultados obtidos no município de Sobral e no Programa Alfabetização na Idade Certa (PAIC) no Ceará e entre as metas, previstas para ocorrerem em um prazo de quatro anos, estão a redução do índice de reprovação e repetência, eliminar o abandono escolar, redução da distorção idade/série, elevar o percentual de alunos no nível adequado em língua portuguesa e matemática de acordo com o parâmetro da Prova Brasil, bem como superar as metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) previstas pelo Ministério da Educação.

A parceria iniciou antes mesmo da formalização, quando o município participou de uma reunião no início de fevereiro para aplicação de um diagnóstico da rede municipal de ensino, bem como do seminário regional, no final de janeiro. Um dos passos seguintes será a realização de avaliações no 2º e 5º ano do ensino fundamental, previsto para ocorrer no início do ano letivo.

E com base no resultado desse diagnóstico o município receberá apoio para a elaboração de um plano de ação para 2019. Ainda a partir dele, serão definidas as prioridades e o que precisa ser feito pela equipe da Secretaria de Educação (Seduc).

O programa é ligado à Associação Bem Comum, financiado pela Fundação Lemann, e atende 25 municípios no Brasil. Destes, cinco são na Bahia. O ponto de partida da ação é a experiência do município de Sobral, no Ceará, que tem uma das melhores marcas do Ideb no Brasil e tem um histórico de trabalho com a alfabetização. O Educar pra Valer compartilha essa vivência, na perspectiva de estratégias, e ajuda cada município a pensar em sua realidade e a desenvolver também um trabalho com o mesmo fim.

Para Neurilene Martins, gestora da Seduc, a iniciativa está em sintonia com as ações do governo, que desde 2017 tem trabalhado com foco em oferecer um ensino de qualidade e que dê bons resultados. “Tenho certeza que essa será uma parceria de sucesso”, disse a secretária, ao complementar: “não vamos medir esforços para que nossas crianças aprendam na idade certa a ler e escrever e assim consigam obter um bom desempenho em novas aprendizagens”, finalizou.

Após passar por uma seleção, Camaçari foi escolhida para participar do Programa Educar pra Valer, que tem como propósito o assessoramento técnico gratuito de apoio na implementação de boas práticas de gestão, com o objetivo de melhorar o rendimento e desempenho dos alunos. Para aplicação de um diagnóstico da Rede Municipal de Educação, um encontro foi realizado na última sexta-feira (1°/2), da sala de reuniões da Secretaria de Governo (Segov).

Para isso, serão aplicadas avaliações no 2º e 5º ano do ensino fundamental e, a partir do resultado desse diagnóstico, o apoio ao município na elaboração do plano de ação para o ano de 2019.  Através dessa análise que serão definidas as prioridades e o que precisa ser feito, o que será construído pela equipe da Secretaria de Educação (Seduc).

O ponto de partida da ação é a experiência do município de Sobral, no Ceará, que tem um dos maiores Índices de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEBs) do Brasil e tem um histórico de trabalho com a alfabetização, uma escolha de fortalecer e qualificar o processo educativo, para que essas crianças possam aprender na idade certa. É um programa que compartilha essa vivência, na perspectiva de estratégias, e ajuda cada município a pensar em sua realidade e a desenvolver também um trabalho com o mesmo fim.

A secretária de Educação, Neurilene Martins, pontuou a sinergia com as ações do governo municipal. “O nosso programa Mais e Melhor Educação tem como um dos objetivos justamente favorecer, garantir que as crianças aprendam na idade certa. Temos a intenção de melhorar nossos indicadores, incluindo o IDEB. A expectativa é que essas ações somadas favoreçam para que as crianças aprendam na idade certa, a ler e escrever, e que deem conta de todas as aprendizagens que são previstas”.

A coordenadora estadual do programa, Silvia Monteiro, falou sobre a escolha de Camaçari para receber o Educar pra Valer. “Foi por uma equipe de seleção, esta que tem como um dos critérios a vontade, a decisão política da gestão municipal de considerar a educação como prioridade”.

O programa é ligado à Associação Bem Comum, financiado pela Fundação Lemann, e atende 25 municípios no Brasil. Destes, cinco são na Bahia. A expectativa é que, com um trabalho de quatro anos, consiga: consolidar o aprendizado da alfabetização até os sete anos, reduzir a reprovação e a repetência, eliminar o abandono escolar, dentre outros.

A parceria já foi oficializada, mas será formalizada no evento nacional que será realizado nos dias 7 e 8 de fevereiro, em Sobral. Estava presente na reunião a equipe da Diretoria Pedagógica da pasta, que também participou, no dia 28 de janeiro, do Seminário Regional.

Foto: Ascom/PMC

A Prefeitura de Camaçari, através da Seduc,formalizou parceria com a Associação Bem Comum e a Fundação Lemann - Foto: Ascom/PMC

Mais Notícias

Maratour: Costa de Camaçari vai sediar competição nacional de Maratona Aquática

Maratour: Costa de Camaçari vai sediar competição nacional de Marat...

Comissão faz visita técnica às obras do Rio Camaçari

Comissão faz visita técnica às obras do Rio Camaçari

Inauguração da Sala do Empreendedor é tema de reunião

Inauguração da Sala do Empreendedor é tema de reunião

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.