Sedap faz balanço positivo de 2019

ASCOM
ASCOM
Publicado 29/12/2019 06:12:42

Para fazer da Agricultura e Pesca um forte vetor gerador de emprego e renda, a Prefeitura de Camaçari atuou com diversas frentes de trabalho que vão desde o apoio ao produtor até a efetivação de programas. Em 2019, a Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pesca (Sedap) fortaleceu projetos já existentes, incrementou com novos e fez um balanço positivo das principais atividades desenvolvidas.

O titular da pasta, Antônio Falcão, destacou o apoio dado aos agricultores, tanto para a produção quanto para o escoamento. “Visitamos muitos municípios que não têm uma zona rural do tamanho da nossa e sobrevive apenas da agricultura, e bem. Esses locais não têm duas coisas: primeiro é o investimento do poder público municipal, segundo não tem como escoar fácil, e isso tem aqui. Então, estamos incentivando eles a produzir, porque entendemos que a agricultura é muito importante para o município”.

Com recursos próprios, foram lançados o Mais Pesca e o Mais Agricultura. O primeiro é de incentivo à capacitação e auxílio financeiro ao pescador artesanal e 139 profissionais estão recebendo o benefício. Já o segundo tem a proposta de adquirir alimentos de produtores locais com repasse para instituições socioassistenciais e está previsto para ser executado a partir do início do próximo ano.

Também com verba municipal, foi entregue o Kit Agricultor, com 475 contemplados. O material é para o auxílio na produção agrícola e no melhor desempenho das atividades realizadas pelos agricultores de Camaçari. Ainda no início do ano, a Sedap distribuiu 2,5 toneladas de sementes para 500 agricultores. A meta é que em 2020 chegue a cinco toneladas, além de adubo e calcário.

Com a Casa de Farinha Móvel, já foram produzidas seis toneladas de farinha e beneficiou 200 famílias, das localidades do Assentamento Fidel Castro em Coqueiro de Monte Gordo, Lagoa Seca e Barra do Pojuca. Outra aquisição importante foi a compra dos cinco motocultivadores ou tratoritos, que já auxiliou mais de 200 agricultores das comunidades de Pau Brasil, Alameda do Rio, Santa Rita, Santa Maria, KM 22, Cancelas, Joia do Rio e Cajazeira de Abrantes.

Ainda são realizadas nove Feiras Itinerantes espalhadas por toda a cidade, durante todo o ano, com cerca de 350 feirantes. Elas levam alimentos para as mesas de 8% da população local e acontecem em: Barra do Pojuca, Barra do Jacuípe, Arembepe, Jauá, Prefeitura de Camaçari, Fórum, Ponto Certo, Algarobas e Gleba E.

Em parceria, outras iniciativas são realizadas em Camaçari. Muito comemorada, no final deste este ano houve a volta do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do Governo Federal, que já comprou mais de 20 toneladas de alimentos, que foram entregues a instituições socioassistenciais. A verba total liberada é de R$ 800 mil.

Com a colaboração da Fundação Alphaville, foi iniciado o processo de certificação de produtos orgânicos, que conta com 42 produtores habilitados. A ação está prevista para ser encerrada em 2020, quando a população de Camaçari contará com produtos certificados da agricultura familiar.

Com a Marinha do Brasil, 27 alunos do projeto municipal Mar Azul foram habilitados com a Carteira Nacional de Aquaviários, que os permitem operar embarcações e trabalhar em todo o território nacional. Já com o apoio da Bahia Pesca, houve a distribuição de alevinos, que contribui para a permanência da criação de tilápias em cativeiro no município. Foram mais de 120 mil filhotes de peixes entregues para 105 piscicultores de Camaçari.

Mais Notícias

Secretaria da Saúde recebe doação de 300 máscaras

Secretaria da Saúde recebe doação de 300 máscaras

Mais oito ruas em localidades da Costa de Camaçari recebem asfalto

Mais oito ruas em localidades da Costa de Camaçari recebem asfalto

ISSM publica cartilha de educação financeira

ISSM publica cartilha de educação financeira

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.