Reunião marca início do processo de elaboração da revisão do PDDU de Camaçari

ASCOM
ASCOM
Publicado 07/06/2019 03:06:45

Foi dada a largada para o início da construção do processo de elaboração da revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de Camaçari (PDDU). A iniciativa que ocorreu na tarde desta quinta-feira (6/7), na sala de reunião da Secretaria do Governo (Segov), foi marcada pela realização do primeiro encontro da Comissão Executiva que marca o começo das atividades.

Durante o encontro, ocorreu a apresentação dos membros da Comissão Executiva, a apresentação da logomarca do plano, a apresentação do plano de trabalho para a condução do processo de elaboração do plano e leis decorrentes, além da apresentação do cronograma de atividades. As explanações foram conduzidas pela presidente da Comissão Executiva para revisão do PDDU, a assessora especial da Segov, a urbanista Juliana Paes.

Seguindo o cronograma das ações, os próximos passos serão os preparativos para a realização de audiências públicas que marcarão o lançamento do novo PDDU de Camaçari, a serem realizadas no mês de julho, além da conclusão do Termo de Referência (TR) para contratação de empresa especializada para prestar consultoria ao longo do processo.

A Prefeitura de Camaçari é a protagonista na condução do processo de elaboração da revisão do PDDU e o prefeito Elinaldo Araújo está pessoalmente engajado e acompanhando o desenvolvimento de todas as etapas desse trabalho. Em seu discurso, ele falou que a revisão do PDDU será um marco da retomada do processo de planejamento da cidade. “Camaçari é uma região disputada, um vetor de crescimento. São vários investimentos querendo se instalar aqui e temos que nos preparar para esse momento”, destacou o chefe do Executivo municipal.

Ele reforçou ainda que o processo vai reger como a cidade vai crescer e se desenvolver de forma estruturada de ordenada. “Tudo isso será fruto de um amplo e grande debate em todas as suas etapas. O envolvimento e o engajamento da população é uma premissa que a gestão não abre mão durante a realização deste processo”.

De acordo com Juliana Paes, a iniciativa é nada menos que a revisão da maior lei existente na administração municipal, depois da Lei Orgânica do Município de Camaçari e trata de estabelecer quais são as estratégias, diretrizes, objetivos, projetos e ações para o desenvolvimento da cidade.

Ainda segundo a urbanista, o plano atualizado vai regular a forma como as pessoas e as empresas vão construir, empreender, se relacionar, além de desenvolver suas atividades em todo o território de Camaçari, criando as condições para o município alavancar na questão da atração de empregos e de investimentos, tanto públicos quanto privados, captação de recursos, entre outros.

Para a presidente da comissão executiva, “o PDDU representa um grande pacto social, político, institucional e técnico do que se quer para cidade no futuro. Esse é o nosso desafio enquanto responsáveis pela condução desse processo que é ouvir todos os atores que interagem, residem e que desenvolvem suas atividades em Camaçari. O plano vai orientar os caminhos para onde a cidade irá se construir no futuro”.

O PDDU é uma Lei de 2008, que está defasada e precisa ser atualizada com base nas expectativas do que se quer para a Camaçari nos próximos anos. Para tanto, serão realizados uma série de estudos e diagnósticos para saber o que se quer alcançar e transformar. Nesta perspectiva, serão reunidas as visões técnicas, institucionais e, sobretudo, da sociedade civil.

A Comissão Executiva foi criada através do Decreto nº 6932/2018 e assegura o controle social através da participação de membros dos conselhos de Meio Ambiente (COMAM) e Municipal da Cidade (CONCIDADE). A bancada é multidisciplinar e conta com um espaço permanente para o desenvolvimento dos trabalhos e para receber contribuições de qualquer interessado no processo. Em todas as fases de construção do Novo PDDU de Camaçari estarão asseguradas diversas formas de participação social, que são: audiências públicas, oficinas de participação social, fóruns temáticos, reuniões do CONCIDADE e do COMAM, reuniões institucionais (com secretarias e autarquias municipais, Câmara Municipal, Ministério Público, concessionárias de serviços públicos, órgãos estaduais, etc.).

A expectativa é de que o Projeto de Lei seja enviado à Câmara de Vereadores para apreciação e aprovação em maio de 2020.

Slideshow | 4 fotos

Reunião marca início do processo de elaboração da revisão do PDDU de Camaçari

Mais Notícias

Obras de duplicação do Viaduto do Trabalhador seguem aceleradas

Obras de duplicação do Viaduto do Trabalhador seguem aceleradas

Vila de Abrantes festeja São Sebastião com retorno do tradicional cortejo religioso

Vila de Abrantes festeja São Sebastião com retorno do tradicional c...

Barra do Jacuípe e Jauá recebem edição itinerante da Feira do Por do Sol

Barra do Jacuípe e Jauá recebem edição itinerante da Feira do Por d...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.