Proteção infantil é tema de campanha da Setur para o Carnaval

ASCOM
ASCOM
Publicado 21/02/2020 04:02:30

Aproximadamente 500 mil crianças e adolescentes são vítimas da exploração sexual no Brasil e a maioria tem entre 7 e 14 anos. Exploração sexual de crianças e adolescentes é crime e apenas 7 em cada 100 casos são denunciados. Pensando em contribuir para mudar essa realidade, a Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria do Turismo (Setur), está participando da campanha “Exploração Sexual não dá samba, dá cadeia”, em parceria com a Plan International, Instituto Liberta, Governo da Bahia e Grou Turismo.

A ação de enfrentamento ao abuso sexual infantil tem como objetivo conscientizar as pessoas da gravidade do problema, desnaturalizando essa prática, em parte incorporada e aceita socialmente, e estimulando a sociedade a denunciar.

Considerando a relevância do tema, a Setur está convidando os meios de hospedagem de Camaçari para atuarem como parceiros nessa rede de proteção à criança e ao adolescente, auxiliando a identificar e denunciar casos de violação de direitos. Através da iniciativa realizada pela Plan International, em parceria com o Instituto Liberta, estão sendo distribuídos nos estabelecimentos, ventarolas e avisos de portas para divulgação da ação e número para denúncia (100). O material está sendo exposto em áreas de grande circulação e acesso dos hóspedes.

A Setur já atua no enfrentamento dos casos de exploração sexual infantil por meio de parcerias com a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), através do programa Turismo Legal, e com a Secretaria de Relações Institucionais (Serin), que coordena as ações do Plano Municipal para Infância e Adolescência (PMIA).

“Antes de pensar na infraestrutura turística, na divulgação do destino Costa de Camaçari, precisamos pensar em quem vive aqui. Além da oferta de serviços públicos e assistência para as comunidades, a preocupação de cada pasta e a orientação do prefeito Elinaldo Araújo é de oferecer melhores condições de vida para a população. Proteger a infância é uma das missões mais nobres que o poder público e a sociedade podem ter’’, destaca o secretário de Turismo, Gilvan Souza.

Em casos de abuso sexual infantojuvenil ou outras violações de direito, disque 100 ou denuncie para a autoridade policial mais próxima.

Down To Zero

Esse é o nome do projeto da Plan International com atuação em nove comunidades de cinco municípios da Bahia. O objetivo é reduzir o número de crianças vítimas – ou em situação de risco – de exploração sexual comercial. Até 2020, além de fortalecer e monitorar as políticas públicas nos níveis locais, estadual e nacional, bem como práticas de responsabilidade social do setor turístico, o projeto também promoverá o empoderamento das crianças e adolescentes vítimas ou em risco de exploração sexual infantil, para que possam ser agentes de mudança e estejam aptas para participar de sua própria proteção.

Slideshow | 7 fotos

Proteção infantil é tema de campanha da Setur para o Carnaval

Mais Notícias

Camaçari tem 5 casos confirmados de coronavírus

Camaçari tem 5 casos confirmados de coronavírus

Divulgada lista com os estabelecimentos que aceitam os vales Cesta Básica e Merenda

Divulgada lista com os estabelecimentos que aceitam os vales Cesta ...

Prefeitura divulga data de entrega do Vale Merenda

Prefeitura divulga data de entrega do Vale Merenda

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.