Programas de qualificação melhoram vida da população

ASCOM BOT
Publicado 29/04/2008 04:04:46

O incentivo para instalação de novos empreendimentos em Camaçari e a prioridade na contratação de mão-de-obra local são fundamentais para o aumento de profissionais de vigilância no mercado. “Nos últimos três anos foram mais de 1.200 novos postos de trabalho na área”. A afirmação do presidente do Sindicato dos Vigilantes de Camaçari, Gilmario dos Santos é resultado do programa de atração de novas empresas e qualificação profissional que vem sendo implantado no Município.

Hoje, Camaçari é uma das 40 cidades que mais geraram emprego no primeiro trimestre deste ano. De acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) foram 2.604 novos postos de trabalho. Só em março, o Município ofereceu 1.336 vagas com carteira assinada, ocupando a 27ª posição no ranking nacional em geração de empregos.

Os números são ainda mais surpreendentes quando a análise é feita desde 2005, com, aproximadamente, 14 mil pessoas empregadas. O balanço foi apresentado terça-feira (29/04), pelo secretário da Indústria, Comércio e Serviços (Seinc), Djalma Machado, durante sessão especial em homenagem ao Dia do Trabalhador, na Câmara de Vereadores, mostra como Camaçari se tornou a cidade que mais emprega na Bahia.

Um dos principais fatores para a absorção da mão-de-obra local é a criação do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), pela Seinc. Inaugurado em 2005, o PAT encaminhou 13.531 pessoas para o mercado de trabalho e realizou 569.701 atendimentos.

Para Gilmario dos Santos o aumento das contratações se deve, principalmente, as ações da Prefeitura, que em parceria com o Senai, Sebrae e Senac, oferece cursos de capacitação para a população. Para se ter uma idéia deste investimento, de 2005 a 2007, mais de 29 mil pessoas foram qualificadas através das parcerias da Seinc.

De acordo com Djalma Machado existe uma tendência de crescimento do Pólo Petroquímico para os próximos cinco anos. A estimativa é de que sejam gerados mais de cinco mil postos de trabalho. Destes, 88% são para profissionais de nível técnico. Por isso, Camaçari investe cada vez mais em cursos profissionalizantes.

O Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) e o Centro de Educação Tecnológica do Estado da Bahia (Ceteb), com mais de 1.100 alunos nas unidades de Camaçari, mostram a preocupação e o compromisso da administração com os moradores. A Prefeitura, em parceira com o governo do Estado, ainda implantou curso técnico nos colégios José de Freitas Mascarenhas e Cidade Camaçari. As escolas têm, hoje, 480 estudantes de nível técnico. “Os desafios agora são a construção do Pólo Técnico Universitário, a escola técnica do Senai e a ampliação dos cursos oferecidos pela Universidade Estadual da Bahia – Uneb”, declara.

ECONOMIA SOLIDÁRIA
O coordenador da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Welington Mendes, um dos participantes da sessão, falou sobre a importância da Economia Solidária para o enfrentamento da precarização do trabalho, do desemprego e o fortalecimento das relações com a valorização dos grupos e comunidades. Segundo ele, a economia solidária é uma excelente alternativa para a geração de trabalho e renda, contribuindo para a melhoria das condições de vida não apenas dos pequenos empreendedores, mas também do conjunto da população.

Camaçari desenvolve um amplo programa de Economia Solidária através do Banco do Povo, CrediBahia e CrediAmigo. O Município também vai ganhar, em breve, o Espaço do Empreendedor. A proposta é estimular a profissionalização dos empresários locais, integrar as ações desenvolvidas pelo segmento e contribuir com a geração de trabalho e renda.

Também participaram da sessão especial a vice-prefeita Tereza Giffoni, a presidente da Câmara, vereadora Luiza Maia (PT), os vereadores José Matos (PDT), Pedrinho de Pedrão (PSC), Zé de Elísio (PT do B), Jair Costa (PRB), Gil D’Errico (PMDB), Pastora Anita (PHS), João da Galinha (PSB) e Del Carmem (PP).

Foto: Nelinho Oliveira

O balanço foi feito pelo secretário Djalma Machado -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 8 de março de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 8 de março de 2021

Órgãos mantêm fiscalização durante o fim de semana na costa

Órgãos mantêm fiscalização durante o fim de semana na costa

80% das obras do Viaduto do Trabalhador estão concluídas

80% das obras do Viaduto do Trabalhador estão concluídas

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.