Programa promove inclusão social

Iwwa Agência
Publicado 11/04/2014 04:04:04

O prefeito Ademar Delgado assinou, nesta sexta-feira (11/04), o projeto de lei do Programa Municipal Bolsa Atleta, que prevê a concessão de 250 bolsas por ano, sendo 10% destinadas ao paradesporto.

O programa foi apresentado a desportistas e estudantes no Colégio Municipal São Tomaz de Cantuária. Para ser implementado, o projeto depende da aprovação dos vereadores.

O Bolsa Atleta visa garantir a manutenção pessoal mínima aos atletas e paratletas do Município, assegurando as condições necessárias para que se dediquem aos treinamentos e a participação em competições, visando o desenvolvimento pleno da carreira esportiva.

O prefeito Ademar Delgado acredita que o esporte é muito importante para a vida. Ele observou que os jovens devem manter o bom desempenho na escola e distância das drogas. “Todos os programas oferecidos, o Bolsa Universitária, Bolsa Estágio, Bolsa Atleta e o Jovem Aprendiz, tudo isso, é para que os jovens tenham acesso à educação, esporte, cultura e qualidade de vida. Estamos cuidando da cidade, porém, o mais importante é cuidar das pessoas”, garantiu.

Os atletas Robson Caetano e Edvaldo Valério participaram do evento. “O Bolsa Atleta de Camaçari visa, não somente o atleta, mas a família dele. É muito gratificante saber que a Prefeitura está envolvida com a causa do esporte, uma bandeira da paz, de inclusão social, que auxilia as famílias e que representa a vitória”, destacou o atleta olímpico, Robson Caetano.

O nadador baiano e medalhista olímpico, Edvaldo Valério, contou que desde o início da carreira encontrou dificuldades. “Temos que aproveitar as oportunidades que Camaçari está proporcionando. Daqui pode sair outros atletas de referência, como Robson Caetano, para nos representar em competições mundiais”, frisou.

O jovem jogador de vôlei de Camaçari, Luan Araújo, agradeceu o prefeito pela elaboração do programa. “Estou muito feliz. O Bolsa Atleta vai cuidar das pessoas e das famílias. Com o programa, a família ganha ao ver o filho progredir e se desenvolver. Camaçari é conhecida pelo Polo Industrial. Agora, também pode ser conhecida como Polo de Esportes e se tornar vitrine da Bahia e do Brasil”, afirmou.

Para as jogadoras de tênis de mesa, Gabriela Santiago, de 19 anos, e Luana Andrade, de 17 anos, o programa vai valorizar os atletas. “Agora, muitas pessoas vão poder participar de competições”, assegurou a jovem moradora do bairro Gleba C, Luana Andrade. Na avaliação da parceira, Gabriela Santiago, “os atletas terão melhores condições de representar a cidade”. No ano passado, a dupla foi campeã no Campeonato Nacional de Tênis de Mesa, no Rio Grande do Sul. As jovens treinam seis horas por dia, cinco dias por semana.

O Bolsa Atleta será concedido pelo prazo de um ano, podendo ser renovado de acordo com critérios estipulados no projeto de lei. Os valores estão divididos em três categorias. Base I, R$ 200, destinada aos atletas entre 8 e 15 anos que participem com destaque das ações realizadas pela Sedel ou por entidades apoiadas pela Secretaria.

Base II, R$ 350, reservada aos atletas que participem com destaque nas ações realizadas a nível estadual, exceto para esportes coletivos. E a categoria atleta estadual e nacional, R$ 500, destinada aqueles que participam com destaque das categorias em nível de Federação e Confederação, ranqueados pelas respectivas entidades do desporto. No caso dos esportes coletivos, a referência será exclusivamente em nível estadual.

Além do auxílio financeiro, o atleta beneficiado terá o direito a transporte e diárias para atender despesas de locomoção, alimentação e hospedagem em competições, conforme critérios específicos do projeto. Para pleitear o benefício, o atleta deve ter bom rendimento na escola e boa conduta disciplinar, comprovados por meio de histórico escolar, exceto quando se tratar de atletas que tenham concluído curso de nível médio ou atletas com deficiência, casos em que a comprovação é dispensada.

O candidato também deve apresentar o plano esportivo anual, com treinamento, objetivos e metas esportivas para o ano de recebimento do benefício, conforme critérios e modelos estabelecidos pela Sedel (Secretaria do Esporte e Lazer), além de não estar cumprindo qualquer tipo de punição imposta por tribunais de Justiça Desportiva, Federação ou Confederação das modalidades correspondentes, e estar vinculado à entidade de prática desportiva ou entidade de administração desportiva.

O atleta deve ainda estar em plena atividade esportiva, apresentar currículo desportivo com os resultados obtidos nos dois últimos anos, juntamente com o programa e calendário anual da Federação correspondente, ter participado de competição esportiva em âmbito estadual ou nacional ou internacional no ano imediatamente anterior ao que tiver sido pleiteada a concessão do Bolsa Atleta, com exceção das categorias de base, que deverão ter participado de competição esportiva em âmbito municipal.

O interessado precisa também se comprometer em representar Camaçari em competições oficiais e eventos esportivos, promovidos ou patrocinados pelo Município e sempre que convocado pela Sedel comprometer-se a divulgar o esporte que pratica, inclusive nas unidades da rede escolar.

O Bolsa Atleta atenderá às modalidades constantes das ações da Sedel, com prioridade àquelas em que o Município vem apresentando melhor desempenho técnico, mediante série histórica de resultados.

Participaram do evento os secretários de Governo, Sergio Paiva, do Esporte, Marco Antonio, da Educação, Valter Lima, da Cultura, Vital Vasconcelos, e da Cidadania e Inclusão, Fabio Pereira, além dos vereadores Otaviano Maia (PT), Oziel Araújo (PT) e Jackson Josué (SDD), além do deputado estadual Bira Corôa e a coordenadora de Marketing da Caixa, Ana Paula Costa Pinto.

MODALIDADES

Atletismo

Basketball

Bicicross

Boxe

Capoeira

Culturismo e Musculação

Futebol Amador

Futsal Amador

Ginástica Rítmica

Handebol

Jiu-Jitsu

Judô

Karatê

MMA

Motociclismo

Natação

Rugby

Surf

Taekwondo

Tênis

Tênis de Mesa

Voleibol (Quadra e Praia) 

Xadrez

Skate

Patins

Sandboard

Mountain bike

Frescobol

Futebol SETE 

Slideshow | 6 fotos

Programa promove inclusão social

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 11 de abril de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 11 de abril de 2021

Camaforró 2021 é cancelado por conta de nova onda do novo coronavírus

Camaforró 2021 é cancelado por conta de nova onda do novo coronavírus

Decreto prorroga medidas restritivas e suspende desfiles cívicos

Decreto prorroga medidas restritivas e suspende desfiles cívicos

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.