Programa de atenção básica triplica atendimento

ASCOM BOT
Publicado 29/12/2008 08:12:48

A população de Camaçari conta hoje, com nove Unidades Básicas de Saúde (UBSs), 24 postos do Programa da Família (PSFs) e cinco Pronto-Atendimentos (PAs), sendo que a grande maioria das unidades passou por construção ou reforma.

Com as obras, a atenção básica, considerada a porta de entrada da saúde pública, ampliou a capacidade de atendimento de 23%, em 2005, para 60% este ano. A cobertura chega a cerca de 120 mil pessoas.

As ações contemplam o projeto de Humanização da Saúde da Prefeitura, cuja proposta é qualificar o serviço prestado à comunidade. As ações incluem obras, reaparelhamento das unidades de saúde, capacitação do quadro de funcionários e melhoria do ambiente de atendimento.

Todos os PSFs foram equipados com consultórios, salas de vacina, inalação, administração, curativos, esterilização, treinamento, aplicação de medicamentos, consultório médico, odontológico e de enfermagem, recepção, almoxarifado e sanitários.

Até o primeiro semestre de 2009, serão finalizadas as obras de construção dos postos de saúde dos bairros Ponto Certo, Nova Vitória, Gravatá e Fonte das Águas. Com as novas unidades, serão 195 profissionais divididos em 36 equipes, entre médicos, enfermeiros, odontólogos, técnicos de enfermagem e auxiliares de farmácia.

Os pronto-atendimentos (PAs) também passaram por melhorias. As unidades foram equipadas conforme portaria do Ministério da Saúde, que regulamenta o uso de medicamentos específicos, a exemplo de respirador, serviço de tele-medicina e equipamentos para ressuscitação cardíaca.

A população ainda encontra 16 especialidades na Policlínica do Centro. As consultas podem ser feitas com profissionais de diversas áreas, como ginecologia, gastroenterologia, angiologia, dermatologia, proctologia, oncologia e exames de endoscopia.

POSTOS DE COLETA
Além da ampliação dos serviços e da infra-estrutura, outro grande diferencial foi a construção de postos de coleta para realização de exames laboratoriais. São disponibilizadas coleta de exame hormonal e de sangue, preventivo, triglicérides, sumário de urina e parasitológico de fezes em sete PSFs, cinco UBSs, Hospital Geral de Camaçari (HGC), mais a Policlínica do Centro, que ainda possui um laboratório de baciloscopia, onde é feito exame de escarro e diagnóstico da tuberculose.

Os postos reduzem o prazo de entrega dos resultados e conferem maior comodidade ao usuário, que não precisa mais se deslocar para a Central de Regulação do SUS em busca de exames laboratoriais. No mesmo local, pode ser feita a consulta e a coleta. Com a implantação dos postos, o resultado dos testes, que antes era de 30 dias, agora sai em um prazo médio de sete dias.

Todas as unidades de saúde estarão integradas, em breve, por meio do software Siga Saúde. Através do programa, a Sesau controla as demandas de atendimento nos postos e os médicos têm acesso a todo o histórico clínico dos pacientes, o que facilita o diagnóstico.

Com a base de dados unificada, o sistema agiliza a prestação de serviço, reduz filas e diminui custos. O software permite também a descentralização da marcação de consultas, procedimentos e exames.

Além disso, todas as unidades de saúde de Camaçari são equipadas com farmácias que disponibilizam gratuitamente 300 tipos de medicamentos, entre remédios, soros, vacinas e injetáveis. O número supera a exigência do Ministério da Saúde, que é de 160 itens.

Em 2009, estão previstas a conclusão das obras do Cuidar (Centro de Unidades de Apoio e Referência em Saúde), que integra os centros de oncologia, reabiliação e anemia falciforme, além da construção do Caps 3 (Centro de Atenção Psicossocial), com internamento em saúde mental, acompanhamento e tratamento para dependentes químicos.

A previsão da Secretaria da Saúde (Sesau) é de que o Cuidar, após um período de funcionamento, ofereça atendimento também aos hipertensos, diabéticos e obesos. Outros seis projetos devem ser habilitados pelo Governo Federal. Um deles trata da internação domiciliar, que prevê a assistência a acamados na própria residência.

CIRURGIAS
O Projeto de Cirurgias Eletivas foi lançado em julho de 2006 com a proposta de estruturar a rede de serviços e melhorar o acesso dos pacientes ao atendimento especializado. A iniciativa, uma parceria da Prefeitura com o Ministério da Saúde, já beneficiou 3.586 pessoas.

São realizados 11 tipos de procedimentos, com cirurgia oftalmológica, vascular (angiologia), ortopédica, pediátrica, ginecológica, urológica, hemorroidectomia (proctologista), bucomaxilo facial, urológica (próstata), de joelho (artrocospia) e geral.

Os interessados em participar devem ligar gratuitamente para o telefone 0800 284 0067, de segunda à sexta-feira, das 7h às 16h. Através do número é agendada consulta com cirurgião para avaliação do problema e solicitação de exames. Com os resultados, o médico avalia a necessidade da realização de cirurgia.

SAMU
Todas as quatro ambulâncias do Samu-192 de Camaçari, duas de suporte avançado e duas de suporte básico, contam com desfibriladores externos automáticos (DEA).

A aquisição dos equipamentos foi feita pela Prefeitura, com o objetivo de oferecer um melhor atendimento à população que necessita dos serviços de urgência e emergência. Os aparelhos são utilizados na ressuscitação cardiopulmonar. As unidades do Samu também possuem rádio-comunicadores.

CAPS
Os pacientes com transtornos mentais vêm recebendo atendimento diferenciado. Na sede, a Unidade Básica de Saúde do Camaçari de Dentro disponibiliza psicólogo para atender os casos considerados mais brandos e encaminha os mais graves ao Caps (Centro de Atenção Psicossocial).

Com a finalidade de ampliar e qualificar o atendimento, a Secretaria da Saúde inaugurou o Centro de Especialidades em Saúde Mental (Cesme), no bairro Novo Horizonte.

Ambos realizam serviço ambulatorial e são compostos por diversos profissionais, entre psiquiatras, musicoterapeutas e assistentes sociais. Os atendimentos são individuais ou em grupo, com visitas domiciliares para os casos já atendidos e que necessitam da aproximação da família.

CARTÃO SUS
Quem utiliza a rede pública de saúde já pode fazer o cartão de usuário do SUS. A expectativa da Secretaria da Saúde é de que o primeiro lote de identificações seja entregue em janeiro de 2009 e que o cadastramento acabe em fevereiro.

A medida, que complementa a assistência aos usuários do SUS, visa priorizar o atendimento aos moradores do Município.

Mais Notícias

Camaçari publica decreto com restrições para o fim de semana

Camaçari publica decreto com restrições para o fim de semana

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 26 de fevereiro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 26 de fevereiro de 2021

Ação de fiscalização no combate à Covid é intensificada pela Sedur e STT

Ação de fiscalização no combate à Covid é intensificada pela Sedur ...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.