PRESTAÇÃO DE CONTAS
Sesau apresenta avanços da saúde em Audiência Pública
10/10/2017 14h47 - Atualizado em 16/10/2017 11h24
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Audiência na câmara

Um relatório detalhado, com números e os avanços alcançados no sistema municipal de saúde de janeiro a setembro desse ano foi apresentado em audiência pública, na Câmara de Vereadores, pelo secretário da Saúde Elias Natan, na última segunda-feira (09/10).

Na Atenção Básica, entre os pontos apresentados pelo secretário da Saúde está a reativação de 38 salas de vacinação com a instalação de 12 câmaras frias, a recomposição das equipes de saúde da família, as reativações de 16 unidades de coleta de laboratórios, bem como de 50% do serviço de odontologia nas unidades de saúde que estavam totalmente suspensos por falta do teste bacteriológico e de 60% das salas de curativo. O alcance de 86,2% do índice de cura em casos de tuberculose e 95,8% em hanseníase, também foi pontuado pelo gestor da pasta, que explicou que a meta era de 85% e 90%, respectivamente. Ele lembrou ainda da requalificação total de oito unidades de saúde e obras em andamento em mais nove postos.

“Os números mostram o quanto avançamos. Se compararmos o número de consultas médicas nas unidades de saúde de janeiro a setembro deste ano, que foi de 20.566, com igual período em 2016, quando foram feitas 11.644 consultas, quase que dobramos o atendimento. Os números também foram superados no atendimento feito por outros profissionais das unidades de saúde como odontólogos, nutricionistas e enfermeiros. Em 2016 foram registrados 21.856 atendimentos, enquanto que em 2017 registramos 32.233”, anunciou Elias Natan.

Na Atenção Especializada não fugimos a regra e também ficamos com saldo positivo. Ainda tendo como base os primeiros nove meses do ano, foram contabilizadas em 2017, 34.211 consultas médicas com especialistas, e em 2016, 22.455. O crescimento dos números é resultado não só do aumento da oferta de atendimento, mas do aumento de especialidades médicas.

Na ocasião, o secretário mostrou também os dados da Central de Regulação, que já marcou 116.885 consultas entre médicas e com outros profissionais, 21.320 ultrasson, 20.037 radiografias e 631 mil diagnósticos em laboratórios clínicos. Por meio do setor, 24.372 pacientes tiveram acesso à sessões de fisioterapia e 1.592 pacientes são atendidos pelo tratamento fora domicílio.

No quesito cirurgias eletivas, de janeiro a setembro, a prefeitura por meio da Secretaria da Saúde (Sesau), fez 21.036 de baixa complexidade e 330 de média e alta. O secretário Elias Natan, chama atenção para um dado muito importante. “Das 134.319 marcações feitas via sistema da Regulação, cerca de 40% das pessoas não compareceram para as consultas ou exames. E com base nesse dado, peço que a população que nos auxiliem a evitar situações como esta”, pontuou.

Entre os avanços na Vigilância em Saúde, está o início da reforma do Centro de Controle de Zoonoses, que estava em situação de total abandono.  Na assistência farmacêutica foi destacada a ampliação para 72% de cobertura do estoque da relação municipal de medicamentos, a reforma do espaço físico para atendimento aos pacientes do Programa de Medicamentos Especiais, o atendimento a 221.632 receitas até julho, e o investimento superior a R$2.715 milhões para compra de medicamentos, sendo obrigatório investir anualmente pouco mais de R$ 1.859 milhão.

O vereador Sessé Abreu (PSDB), presidente da Comissão de Saúde da Câmara, parabenizou o esforço do governo em sanar os problemas do sistema municipal de Saúde. “Sei do esforço que o prefeito e o secretário Elias Natan. A saúde ainda tem muito a melhorar, mas não podemos negar que muitos avanços já aconteceram. E na audiência de hoje pudemos ver isso em números”, finalizou.



Autor: Ascom/PMC

Notícias da Semana
PRINCIPAL OUVIDORIA DIÁRIO OFICIAL PORTAL DE COMPRAS Contra-cheque online Editais
Prefeitura de Camaçari: Rua Francisco Drumond, S/N, Centro Administrativo. CEP. 42.800-000
Camaçari - Bahia - Brasil - Tel +55 71 3621 6666
© 2017 Prefeitura Municipal de Camaçari - Desenvolvimento - Secad/CCTGI/GEPRO