Pólo completa 30 anos e Município ganha com parceria

ASCOM BOT
Publicado 19/06/2008 12:06:58

A parceria entre a Prefeitura e o Pólo Industrial tem gerado bons resultados para Camaçari. Marco da industrialização do Nordeste, o complexo, que completa 30 anos no próximo dia 29, gera emprego para população e contribui para a melhoria da qualidade de vida no Município.

A parceria se intensificou nos últimos três anos e meio, com a implantação de programas de qualificação e apoio ao comércio. De 2005 até hoje, a mão-de-obra local passou de 10% para 18% do total de trabalhadores do complexo. Hoje, o pólo gera 15 mil empregos diretos e 20 mil indiretos.

O Complexo Industrial de Camaçari, inicialmente, era composto por 60 empresas de produtos químicos e petroquímicos. Agora, são mais de 90 fábricas de variados setores, como automotivo, pneus, metalúrgico, têxtil, celulose e serviços.

Tudo isso torna o pólo o maior complexo integrado do Hemisfério Sul, responsável por 30% do Produto Interno Bruto (PIB) da Bahia, por 35% das exportações e 25% do ICMS do Estado.

Recentemente, se instalaram no Município empreendimentos de grande porte a exemplo da Bridgestone, Bahia Pulp, Continental, Columbia Chemicals, Discobrás, além de investimentos na área hoteleira como o resort Vila Galé.

Para garantir a absorção da mão-de-obra local, a Prefeitura, em parceria com o Senai, Sebrae e Senac, oferece cursos de capacitação para os moradores de Camaçari. De 2005 a 2008, mais de 25 mil pessoas foram qualificadas através dos programas da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (Seinc).

Os incentivos aquecem a economia e geram mais emprego e renda para população, que tem garantia de 80% dos postos de trabalho surgidos com as novas empresas. Em três anos e meio, 13.978 pessoas foram contratadas.

Um dos principais fatores para a absorção da mão-de-obra é a criação do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT). Inaugurado em 2005, o PAT encaminhou 29.398 pessoas para o mercado de trabalho e realizou 601.684 atendimentos.

A estimativa é de que o Pólo Industrial cresça ainda mais e gere mais de 5 mil postos de trabalho. Destes, 88% são para profissionais de nível técnico. Por isso, Camaçari também investe em cursos profissionalizantes.

O Cefet, inaugurado em 2007, atende 300 alunos nos cursos de Tecnologia da Informação e Eletrotécnico. Os colégios José de Freitas Mascarenhas e Cidade Camaçari também oferecem cursos técnicos para 480 estudantes.

De acordo com o secretário da Seinc, Djalma Machado, os 30 anos coincidem com a boa parceira. “A relação permite viabilizar novos empreendimentos, gerar empregos e desenvolver projeto de qualificação da mão-de-obra local”.

Para o próximo ano, estão sendo construídas duas usinas termoelétricas, a instalação da Lindi Gases, empresa alemã que atende área hospitalar e industrial, e a Peroxi Bahia.

COMEMORAÇÃO
O bom momento que Camaçari vive vai ser também mostrado na comemoração dos 30 anos do pólo industrial, que começa no próximo dia 26, com a apresentação da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) e da cantora Maria Bethânia, no Teatro Castro Alves, em Salvador, a partir das 20h.

A programação prossegue dia 29. Armandinho Macedo e a Osba realizam um grande show no Teatro da Cidade do Saber, em Camaçari. O Complexo de inclusão social também faz parte das comemorações e, em julho, vira palco da celebração com um memorial sobre os 30 anos do pólo. O espaço vai reunir documentos, fotos, vídeos e equipamentos.

Modernos recursos de multimídia contam a história do pólo, desde a a implantação, como unidade de produção petroquímica, até a ampliação e transformação no maior complexo industrial integrado da América do Sul.

Foto: Agnaldo Silva

Qualificação e apoio ao comércio reforçam economia local -

Mais Notícias

Escuta especializada está suspensa em Camaçari

Escuta especializada está suspensa em Camaçari

Prefeitura continua entregando benefícios sociais

Prefeitura continua entregando benefícios sociais

Moradores do bloco 19 do conjunto Lucaia voltam a ocupar imóveis

Moradores do bloco 19 do conjunto Lucaia voltam a ocupar imóveis

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.