Pódio da 5ª etapa do Sul-Americano é 100% verde e amarelo

ASCOM
Publicado 21/04/2019 07:04:03

Já com clima de ouro, prata e bronze garantidos para equipes brasileiras, o último dia de competição da 5ª etapa do Circuito Sul-Americano de Vôlei de Praia, que aconteceu neste domingo (21/4), em Guarajuba, Costa de Camaçari, foi um verdadeiro espetáculo, conduzido tão somente por equipes brasileiras de alto rendimento que deram vida a oito partidas emocionantes entre os semifinalistas e finalistas nas categorias masculino e feminino e o saldo foi um pódio totalmente verde e amarelo, o que orgulhou os torcedores brasileiros.

Sem dúvida, a última partida da tarde entre Ricardo/Vinícius (BA/SE) e Jô/Leo Vieira foi a mais emocionante do dia. Cada ponto da dupla Ricardo/Vinícius era muito comemorado, visto que a torcida do medalhista olímpico e heptacampeão brasileiro, Ricardo Santos, era grande e a vibração da galera, com certeza, motivou a equipe que ganhou por dois sets a um, e levou o ouro pra casa.

“Obrigado pela torcida, a energia que vocês passam é contagiante. Sempre que jogo na Bahia eu recebo o carinho de vocês, muito obrigado”, disse Ricardo ao estender os agradecimentos a todos os envolvidos na realização do evento, e fez questão de citar a Prefeitura de Camaçari, que apoiou a iniciativa. “Espero que tenhamos aqui mais torneios internacionais para abrilhantar ainda mais este belíssimo lugar”, finalizou, se despedindo e dando um até breve aos presentes.

Com olhos atentos, o prefeito Elinaldo Araújo acompanhou as partidas finais. “Essa é uma etapa de um importante evento internacional transmitido para 8 milhões de expectadores e ao divulgar o circuito é o nome do nosso município, em especial da nossa Costa, que também é levado. Nós precisamos fomentar o turismo e apresentar ao mundo as belezas de Camaçari, que vai além dos 42 quilômetros de praias”, falou o gestor.

O secretário do Turismo, Gilvan Souza, também destacou a visibilidade do município pela realização do circuito em solo camaçariense. “Essa é uma experiência ímpar que nos orgulha muito e motiva o governo a continuar apoiando iniciativas como esta, que apresenta a nossa Costa e a nossa cultura tão rica”, disse Gilvan, ao acrescentar: “inclusive, já tem agendamento e calendário para recepcionarmos outros grandes eventos na nossa Costa”, informou, ao deixar escapar que possivelmente em 2020 teremos um mundial de vôlei de praia sediado em Guarajuba.

A pasta de Esporte, Lazer e Juventude (Sejuv) estava representada no Sul-Americano pelo secretário Sessé Abreu, que destacou a parceria entre a Secretaria do Turismo (Setur) e a Sejuv para sediar a 5ª etapa do evento. “Camaçari é um município grande e de peso no cenário nacional, e nós precisamos responder à altura, inclusive sob a perspectiva esportiva e turística, e está aí a resposta”, declarou ao enfatizar a coesão do governo que está centrado em criar ações intersetoriais para fortalecer as ações do governo. “Nossa gestão está preocupada em desenvolver ações que melhorem a vida da população e coloque Camaçari em evidência e atraia cada vez mais investimentos”, concluiu Sessé.

O evento

O Circuito Sul-Americano conta com atletas de oito países, além do Brasil. O torneio em Camaçari contou com a participação de 32 duplas, sendo 16 femininas e 16 masculinas, divididas em quatro grupos. O evento é composto por cinco etapas regulares e dois torneios ‘Finals’, um para o masculino e outro para o feminino.

As etapas foram realizadas em São Francisco do Sul, em Santa Catarina, Coquimbo, no Chile, Lima, no Peru, Brasília, no Distrito Federal, e por fim em Camaçari. Os torneios ‘Finals’ ainda não possuem data e nem locais previstos para serem realizados. A participação no Sul-Americano vale pontuação para o circuito mundial, um dos quatro caminhos para a classificação aos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Os pontos obtidos em cada etapa vão para o país, de acordo com a classificação final da melhor dupla de cada nação nos eventos. Ao final, os pontos são somados e o país na liderança do ranking é declarado campeão geral. O Brasil lidera o ranking feminino, com 800 pontos, e aparece dividindo a primeira posição com o Chile no masculino, com 700 pontos.

 

Partidas (21/4)

Apenas equipes brasileiras passaram para fase semifinal da 5ª etapa do Sul-Americano.

 

SEMIFINAL – MASCULINO

Ricardo/Vinícius (BA/ES) 2 x 0 Maia/Vinícius Cardoso (RJ) – (24/22 e 21/16)

Jô/Léo Vieira (PB/DF) 2 x 0 Rafael/Renato (PB) – (25/23 e 21/13)

 

SEMIFINAL – FEMININO

Andressa/Diana (PB/RJ) 2 x 1 Juliana Simões/Aline (PR/SC) – (21/23 – 21/19 – 15/9)

Tainá/Victoria (SE/MS) 2 x 0 Carol Horta/Ângela (CE/DF) – (31/29 e 21/16)

 

DISPUTA PELO BRONZE – MASCULINO

Maia/Vinícius Cardoso (RJ) 2 x 1 Rafael/Renato (PB) – (21/14 – 21/23 – 17/15)

 

DISPUTA PELO BRONZE – FEMININO

Juliana Simões/Aline (PR/SC) 1 x 2 Carol Horta/Ângela (CE/DF) – (19/21 – 21/18 – 12/15)

 

FINAL FEMININO

Tainá/Victoria (SE/MS) 2 x 0 Andressa/Diana (PB/RJ) – (21/12 e 21/17)

 

FINAL MASCULINO

Ricardo/Vinícius (BA/ES) 2 x 1 Jô/Léo Vieira (PB/DF) – (18/21 – 21/17 – 15/13)

Slideshow | 3 fotos

Pódio da 5ª etapa do Sul-Americano é 100% verde e amarelo

Mais Notícias

Escuta especializada está suspensa em Camaçari

Escuta especializada está suspensa em Camaçari

Prefeitura continua entregando benefícios sociais

Prefeitura continua entregando benefícios sociais

Moradores do bloco 19 do conjunto Lucaia voltam a ocupar imóveis

Moradores do bloco 19 do conjunto Lucaia voltam a ocupar imóveis

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.