Pacientes dos Caps de Camaçari participaram de ato por inclusão social 

ASCOM
ASCOM
Publicado 20/05/2019 04:05:58

No último sábado (18/5), cerca de 70 pessoas, entre pacientes, familiares e servidores dos quatro Centros de Atenção Psicossocial (Caps) de Camaçari, participaram da 12ª Parada do Orgulho Louco que aconteceu no Farol da Barra, em Salvador. Com cartazes, camisas e faixas, todos os presentes na caminhada tinham um só objetivo, falar sobre seus direitos em ser incluídos na sociedade de forma justa e igualitária.

Coordenadora do departamento de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas da Secretaria de Saúde (Sesau), Márcia Cosme destaca a importância da ação para chamar a atenção da sociedade para necessidade de discutir a saúde mental sem preconceitos e com novos paradigmas . “Chegou a hora da sociedade parar de ter medo ou vergonha de discutir a saúde mental. Até porque, um dos maiores males que atinge a sociedade no momento é a ansiedade e a depressão. E são doenças que afetam todo o corpo e trazem consequências para a vida cotidiana. Mas, precisamos começar quebrando as barreiras do preconceito e incluir as pessoas socialmente, independente de sua patologia psíquica”.

Em Camaçari, 8.635 usuários estão cadastrados e recebem ou já receberam algum tipo de tratamento num dos quatro Caps da cidade. Hoje, existe no município o Caps AD (Álcool e Drogas), o Caps i (Infantil), o Caps Orla e o Caps Sede.

Foto: Ascom/PMC

Pacientes dos Caps de Camaçari participaram de ato por inclusão social - Foto: Ascom/PMC

Mais Notícias

Setembro Amarelo: prevenção ao suicídio é tema de palestra entre servidores

Setembro Amarelo: prevenção ao suicídio é tema de palestra entre se...

Prefeitura promove treinamento para artesãos

Prefeitura promove treinamento para artesãos

Prefeitura entrega mais mil cartões do Programa Bolsa Social

Prefeitura entrega mais mil cartões do Programa Bolsa Social

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.