Operação integrada de fiscalização garante cumprimento do toque de recolher na cidade

ASCOM
Publicado 10/07/2020 10:07:41

A Prefeitura de Camaçari não tem medido esforços no sentido de fazer prevalecer o que determina os decretos municipal e estadual no que tange à execução do toque de recolher no município. Para tanto, as operações integradas de fiscalização têm sido realizada de forma constante. Na noite desta sexta-feira (10/7), não foi diferente. Na ocasião foram postas em prática diversas blitz pela cidade.

O objetivo das operações integradas de fiscalização é para, além de garantir o cumprimento das determinações, desacelerar a curva de crescimento das contaminações em decorrência da Covid-19. No ato da ação, são transmitidas orientações a transeuntes e motoristas. Quando necessário, ações mais enérgicas são aplicadas.

Como de costume, a ação desta noite se mostrou bastante eficiente, aconteceu em dois momentos e teve participação, no primeiro tempo, da Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT), que se uniu à Secretaria do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur) no segundo período. Em ambos, a operação teve apoio de uma guarnição do 12º Batalhão da Polícia Militar da Bahia (BPM/BA).

À frente da operação desta noite estava o gerente de Trânsito da STT, Jailson Cursino. “A nossa intenção, acima de qualquer coisa, é orientar e conscientizar a população sobre o cumprimento das normas. Mas também estamos aqui para efetuar e aplicar as punições cabíveis”, ressaltou o profissional.

A população está se mostrando de acordo com as ações adotadas pela prefeitura. Como é o caso de Aelton Bastos, 42 anos, morador do Bairro Gleba B, que foi abordado na blitz montada na Rua Costa Pinto. Segundo ele, se a iniciativa é em prol do bem da população, é legítima. “Concordo com o toque de recolher e sei que, só com medidas desse tipo, vamos conseguir conter o vírus”, declarou o comerciário da área de farmácia, que estava voltando para casa após mais um dia de trabalho.

Outro cidadão consciente com relação às medidas, é o motorista de aplicativo Fábio Costa, 43 anos, que foi abordado na blitz realizada no Bairro dos 46. Na oportunidade, ele recebeu orientações sobre como deve se comportar dentro do horário estabelecido para o toque de recolher, no exercício da sua profissão. “Eu ainda não sabia das condições acerca do transporte de passageiros nesse período em que vai vigorar o toque. Agora que já sei, vou terminar essa corrida e irei retornar pra casa”, se comprometeu o morador do bairro Jardim Limoeiro.

No que diz respeito aos horários do toque de recolher na cidade, o Decreto Estadual que institui a medida é de número 19.813, de 3 de julho de 2020. Para se adequar ao documento, a prefeitura estabeleceu o Decreto 7.368/2020, de 4 de julho de 2020, ambos determinam a restrição de locomoção noturna, que proíbe a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 18h às 5h, até o dia 12 de julho.

Mais Notícias

Distrito de Vila de Abrantes recebe mais de 100 novos braços de iluminação

Distrito de Vila de Abrantes recebe mais de 100 novos braços de ilu...

Governo autoriza circulação do transporte intermunicipal em Camaçari

Governo autoriza circulação do transporte intermunicipal em Camaçari

Sesau abre processo para castração de cães e gatos

Sesau abre processo para castração de cães e gatos

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.