Obras de esgotamento em Arembepe vão beneficiar mais de 16 mil pessoas

ASCOM
Publicado 03/08/2020 01:08:41

Mais qualidade de vida para a comunidade de Arembepe é o que representa a ampliação do sistema de esgotamento sanitário da localidade, uma das mais populosas da costa do município, e que, em breve, será iniciada. A intervenção é resultado da luta da gestão municipal junto ao Governo Federal para captar recursos destinados a importantes obras na cidade, entre elas a de esgotamento de Arembepe. Foram inúmeras visitas do prefeito Elinaldo Araújo e de diversos parlamentares da base governista para possibilitar esse feito, que, com certeza, entrará para a história da comunidade.

A implantação do sistema, executada pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), vai melhorar as condições sanitárias em Arembepe e visa reduzir o lançamento dos esgotos sem tratamento nos corpos hídricos, evitando que as contribuições geradas sejam dispostas em fossas individuais ou lançadas diretamente nos córregos, lagos e praias; além de minimizar a proliferação de doenças e melhorar as condições sanitárias e de qualidade de vida da população da região.

Com investimentos de R$ 34,9 milhões, serão implantados 27,4 quilômetros de rede coletora, 13,9 km de ramais intradomiciliares e 699 ligações. Além disso, será construída uma estação de condicionamento prévio e aproximadamente 5 km de emissário final. O esgoto sanitário será conduzido para o emissário da Estrada da Cetrel.

De acordo com o órgão, a vazão de projeto de final de plano é de 107,40 litros por segundo ou 386,64 metros cúbicos por hora (vazão média afluente de final de plano), que possibilitará a interligação de 700 imóveis ao novo sistema de esgotamento sanitário.

A primeira etapa das obras beneficiará 16.776 habitantes. Já com o adensamento das ligações, na segunda etapa da implantação, será possível atingir uma população de aproximadamente 65 mil pessoas.

Para o prefeito Elinaldo Araújo, a liberação dos recursos é essencial para continuar levando mais saúde para a população. “Arembepe é uma área turística de Camaçari que sofre com a ausência de esgotamento sanitário e a liberação dessa verba significa muito. Estamos nos esforçando e vamos fazer o possível para melhorar da qualidade de vida dos moradores.”, explicou.

A obra encontra-se em fase de mobilização e tem prazo inicial previsto para execução de 22 meses. A Embasa sinaliza que aguarda o repasse de recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

A Prefeitura de Camaçari, por meio das secretarias da Infraestrutura (Seinfra) e do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur), acompanhará a execução dos serviços, a fim de garantir que a infraestrutura do município seja mantida sem muitas mudanças, bem como a eficácia do sistema.

Mais Notícias

Seinfra e Sedur dão prosseguimento a alinhamento de ações

Seinfra e Sedur dão prosseguimento a alinhamento de ações

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 13 de abril de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 13 de abril de 2021

GTC elabora ações para a 7ª edição do Prefeito Amigo da Criança

GTC elabora ações para a 7ª edição do Prefeito Amigo da Criança

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.