Município mostra que sabe inovar e empreender

ASCOM BOT
Publicado 24/11/2008 09:11:15

A experiência no mercado de trabalho, como vendedor de uma grande loja, e a vontade de inovar ajudaram os planos de Emanuel Messias. Ele abriu há quatro anos uma empresa de celular. O negócio deu tão certo que o micro empresário, também diretor da Associação Comercial e Empresarial de Camaçari (Acec), já pensa em ampliar o negócio.

Emanuel foi um dos 90 pequenos e médios empresários que participaram, durante cinco dias, da Semana Global de Empreendedorismo de Camaçari, na Casa do Trabalho.

O evento, promovido pelo Sebrae em parceria com a Prefeitura, superou as expectativas e reuniu mais de 25 mil pessoas. “Os empresários mostraram que é possível trabalhar juntos. A feira serviu como centro de interação entre os comerciantes locais”, diz Emanuel Messias.

Entre quarta-feira (19/11) e domingo (23/11), os participantes trocaram experiências, tiraram idéias do papel e transformaram em negócios. Foram realizadas palestras de Paulo Manso Cabral, Erik Penna e Luiz do Bolo mais consultorias e cursos.

O Senai formou a primeira turma de operadores das termoelétricas, que começam a funcionar no próximo ano, e os alunos do Ceteb aproveitaram para expor uma usina de destilação de álcool. A Cozinha Brasil também marcou presença.

A Semana do Empreendedor ainda abriu espaço para desfile de moda, workshops, dança, cultura e shows, lançamento da revista Winners e dos deliciosos drinks dos Sete Paraísos, que levam as características de cada localidade da orla – Busca Vida, Vila de Abrantes, Jauá, Arembepe, Barra de Jacuipe, Guarajuba e Itacimirim. Um Pit Stop realizou revisão completa e gratuita em mais de 200 carros.

O artesanato mostrou que não se limita apenas à produção doméstica. Além de ter se tornado uma forma de divulgar a cultura, a atividade oferece a possibilidade de novos empregos para quem quer trabalhar com as mãos.

O evento mostrou que para ser empreendedor não precisa ser empresário. É o caso de Ailton Soares, dono de uma barraca de coco e caldo de cana. O ambulante é reflexo de que a feira deu espaço para todos que desenvolvem uma atividade econômica. O Município tem hoje cerca de 10 mil empresas.

O sucesso da Semana Global e o empenho dos profissionais já garantiram nova edição em 2009. “A idéia é fazer um evento deste porte a cada três meses. Queremos fortalecer ainda mais o mercado de Camaçari”, afirma o secretário da Indústria, Comércio e Serviços de Camaçari, Djalma Machado.

CRISE FINANCEIRA
Nem mesmo o temor que a crise financeira mundial pode causar foi capaz de impedir o sucesso da iniciativa realizada em Camaçari. Empreender significa coragem para assumir os riscos, determinação e vontade de vencer. A avaliação do administrador José Augusto Barros, 40 anos, dá a dimensão da importância e grandiosidade do evento.

“Em cinco dias, trocamos experiência, idéias e projetamos nossos negócios. A intenção não era ganhar dinheiro, vender produtos. A Feira ajudou, sobretudo, a despertar, melhorar e difundir atitudes empreendedoras”, diz o comerciante.

A cidade, sede do maior complexo industrial integrado do Hemisfério Sul, desenvolve políticas para fortalecer o mercado local e enfrentar a crise econômica. Recentemente, o prefeito Luiz Caetano conheceu importantes projetos desenvolvidos pelo governo italiano. Caetano se reuniu com empresários da área de hotelaria e turismo e firmou acordo de apoio, troca de experiências e dinamização das micro e pequenas empresas.

Camaçari, pioneira na Bahia na implantação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, já desenvolve uma série de programas que auxiliam os pequenos empreendedores como o Mulher Cidadã, que concorre a prêmio nacional, o Varejo Vivo, Micro Crédito (Credibahia e Banco do Povo), além de cursos de capacitação e qualificação de mão-de-obra.

PIT STOP
Uma das principais novidades da Semana Global do Empreendedorismo de Camaçari foi o Pit Stop, realizado sábado (22/11). O serviço gratuito fez vistoria em mais de 200 carros. A inspeção, realizada por engenheiros e técnicos, foi feita nos sistemas de injeção, direção, iluminação, freios e suspensão.

A iniciativa foi promovida pela Acosauto (Associação do Comércio e Serviços Automotivos de Camaçari), em parceira com os fabricantes e revendedores de auto-peças Bosh, NGK, Philips, MW auto-peças, Randal, Laguna, Frasle, entre outros.

Slideshow | 3 fotos

Município mostra que sabe inovar e empreender

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 2 de março de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 2 de março de 2021

Jornada Pedagógica Virtual da Secult inicia retomada de atividades da pasta

Jornada Pedagógica Virtual da Secult inicia retomada de atividades ...

Sedur amplia número de atendentes do “Disque Denúncia”

Sedur amplia número de atendentes do “Disque Denúncia”

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.